Topo

Denílson pede "calma" com Vini Jr e Rodrygo no futebol espanhol

Vinicius Junior, durante partida entre Real Madrid e Brugge - REUTERS/Jon Nazca
Vinicius Junior, durante partida entre Real Madrid e Brugge Imagem: REUTERS/Jon Nazca

Do UOL, em São Paulo

17/10/2019 13h16

Ex-jogador e agora comentarista, Denílson concedeu uma longa entrevista ao jornal espanhol As. Hoje longe dos gramados, o brasileiro pediu "calma" com os jovens compatriotas Vinicius Junior e Rodrygo, que atuam no Real Madrid.

"Não digo que eles precisam esquecer a forma como jogavam no Brasil", disse. "É importante que insistam na forma de jogar. Isso dará confiança, calma. Mas aqui tem que pensar mais rápido. No Brasil, eu carregava a bola desde o meio de campo. La Liga é muito diferente. Paciência com os dois, vai dar tudo certo".

Denílson também foi cauteloso ao falar sobre as chances se tornarem craques do futebol mundial. De acordo com o ex-jogador, é difícil atingir o nível de nomes como Ronaldo e Zidane.

"A palavra craque é muito forte. Se olharmos para o Brasil, tivemos craques como Ronaldo, que jogou no Real. Isso sim é um craque. Zidane era outro. Vinicius e Rodrygo podem triunfar, mas a palavra craque é muito forte", analisou.

De acordo com Denílson, apenas Neymar tem condições de competir com nomes como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

"Na verdade, não vejo ninguém após Messi e Cristiano Ronaldo. Nós brasileiros temos Neymar, que pode chegar a um nível assim", disse.

Real Madrid