PUBLICIDADE
Topo

Eliminatórias Eurocopa - 2019


Técnico da Bulgária diz que racismo na Inglaterra é maior; Sterling rebate

 Krasimir Balakov, técnico da Bulgária - REUTERS/Stevo Vasiljevic
Krasimir Balakov, técnico da Bulgária Imagem: REUTERS/Stevo Vasiljevic

Do UOL, em São Paulo

14/10/2019 20h51

Classificação e Jogos

O técnico da Bulgária, Krasimir Balakov, afirmou que o racismo na Inglaterra "é maior" do que no país dele. Hoje, a seleção inglesa venceu os búlgaros por 6 a 0 em uma partida marcada por racismo e gestos nazistas de torcedores búlgaros.

"No Campeonato Búlgaro, nós temos jogadores de muitas etnias e cores. Não acho que temos o mesmo grande problema que, por exemplo, a Inglaterra tem", afirmou.

"O que eu quis dizer é que no Campeonato Búlgaro não temos esses problemas, enquanto houve incidentes de racismo em várias divisões do futebol inglês, o que eu considero normal, porque é um grande país com uma população muito diversa. Mas não temos esse problema na Bulgária, posso garantir isso", acrescentou.

A declaração de Balakov foi rebatida por Raheem Sterling, um dos alvos de racismo dos torcedores búlgaros na partida de hoje. "Hm, não tenho certeza sobre isso, chefe", publicou o jogador do Manchester City no Twitter.

Eliminatórias Eurocopa - 2019