Topo

Sasha volta ao Beira-Rio pela 1ª vez como titular e busca vitória inédita

Eduardo Sasha, do Santos, contra o CSA - Fernanda Luz/AGIF
Eduardo Sasha, do Santos, contra o CSA Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

13/10/2019 04h00

O atacante Eduardo Sasha viverá pela primeira vez a experiência de enfrentar o clube que o revelou para o mundo dentro do estádio que foi sua casa dos 9 aos 25 anos, o Beira-Rio. O duelo entre Internacional e Santos está marcado para hoje, às 16h, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sasha já voltou ao Beira-Rio com a camisa do Santos no ano passado, mas não chegou a entrar em campo no empate por 2 a 2. Desde que chegou ao Peixe, o camisa 27 enfrentou o ex-clube três vezes, empatando duas e sendo derrotado uma vez. O atacante busca vencer e marcar pela primeira vez contra o Colorado.

A cidade de Porto Alegre, onde Sasha nasceu, deu sorte na única visita que fez no ano. Na primeira rodada do Brasileirão, ele enfrentou o ex-rival Grêmio, fez um belo gol para quebrar um jejum de quase oito meses sem marcar.

Além do tento anotado, o atacante entregou uma boa atuação, ajudou na vitória do Peixe por 2 a 1 e, de quebra, convenceu de vez o técnico Jorge Sampaoli que ele poderia ser útil ao time. De lá pra cá, ficou fora do time titular em apenas quatro de 26 jogos.

Assumidamente torcedor do Internacional, Eduardo Sasha não deve ter uma recepção ruim no Beira-Rio. O atacante não saiu em alta do Colorado, é verdade, e esteve no elenco que rebaixou a equipe gaúcha para a Série B pela primeira vez em sua história, mas a preocupação do torcedor neste momento é muito mais com a situação do time.

O Inter não vence há quatro jogos e, no processo, demitiu o técnico Odair Hellmann. A equipe será comandada interinamente por Ricardo Colbachini, técnico do sub-23 do clube e que tem poucas chances de ser efetivado no cargo.

FICHA TÉCNICA
Internacional x Santos

Data: 13/10/2019 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Internacional: Marcelo Lomba; Heitor, Roberto, Victor Cuesta e Zeca; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick, Nonato e D'Alessandro; Nico López. Técnico: Ricardo Colbachini

Santos: Everson; Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Luiz Felipe (Luan Peres); Victor Ferraz, Diego Pituca, Evandro e Jorge; Tailson, Marinho e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli

Santos