Topo

Mano vê "resquícios" de derrota superados e cobra maturidade na caça ao Fla

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

13/10/2019 00h15

Resumo da notícia

  • Técnico do Palmeiras temia efeito psicológico da derrota de quarta, contra o Santos
  • Em campo, time venceu por 1 a 0 - sexta vitória em nove jogos com Mano Menezes
  • Mano diz que o líder Flamengo está "fora da curva" e seu time precisa de maturidade agora
  • Segundo o treinador, oscilações são normais em processos de reconstrução como o atual

O técnico Mano Menezes estava preocupado com o comportamento do Palmeiras no jogo de ontem (12), na retomada do Campeonato Brasileiro depois de sua primeira derrota pelo clube, contra o Santos. Diante do Botafogo, no Pacaembu, a equipe fez o básico, venceu por 1 a 0 e reassumiu o segundo lugar da tabela. De acordo com o comandante, é um resultado importante em nome da confiança.

"Era um jogo que a gente sabia que trazia resquícios da quarta-feira, da nossa derrota, o torcedor não teria paciência tão grande. Tínhamos que entender e fazer o jogo rapidamente a nosso favor. Então a equipe tomou iniciativa, construiu muitas oportunidades, o suficiente para 3 a 0, 4 a 0 sem exagero nenhum", relatou o treinador palmeirense, que soma seis vitórias, dois empates e uma derrota em seus nove primeiros jogos.

O Palmeiras agora tem 50 pontos, cinco a menos que o líder Flamengo, que ainda joga pela 25ª rodada. Mano Menezes não tira sua equipe da briga pelo título. "Como você (repórter) mesmo falou, e vou tomar liberdade de repetir, o líder está fora da curva. Se está fora da curva faz coisas diferentes dos demais. Temos que ter maturidade nessa hora. Eu saio contente pelo desempenho. Poderia ter criado mais chances de gol e convertido mais. Mas o primeiro passo para chegar ao desempenho final que todos queremos é controle do jogo, jogar bem em cima de pressão grande que era hoje. É prova de maturidade. Estamos num caminho para continuar evoluindo, porque é importante continuar evoluindo, sim."

Mano chegou a seis vitórias em nove partidas pelo Palmeiras - Marcello Zambrana/AGIF
Mano chegou a seis vitórias em nove partidas pelo Palmeiras
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

"Eu penso que só é possível esperar o líder tropeçar se fizermos nossa parte. Não fizemos na quarta, a diferença aumentou. Fizemos hoje e agora pode diminuir. Mas tem outros adversários. Temos o Santos, São Paulo, equipes próximas da gente que jogam o campeonato junto conosco (...) Se olhar para trás o Flamengo hoje elogiado justamente por todos também oscilou. O Santos que jogou bem e nos superou quarta também teve tropeços, Ituano, River Plate, que é quase um time amador no Uruguai. Isso acontece com as equipes que estão construindo uma maneira de jogar", completou Mano Menezes.

Na entrevista coletiva após a vitória palmeirense, o treinador teve um pequeno entrevero com um repórter que questionava sobre o baixo público no Pacaembu e críticas da torcida a alguns jogadores. O treinador aproveitou um branco do jornalista e atravessou a pergunta: "Tanta coisa negativa que você se atrapalhou, quando supervalorizamos algumas coisas você se atrapalha."

Palmeiras