Topo

Futebol


Abel lamenta chances perdidas após empate do Cruzeiro: "realidade pesada"

Do UOL, em Belo Horizonte

13/10/2019 22h18

Assim como aconteceu no meio da semana, o técnico Abel Braga, do Cruzeiro também não escondeu sua frustração após o empate de 1 a 1 contra a Chapecoense, na noite deste domingo. Em sua entrevista, o treinador lamentou principalmente a falta de capricho para matar a partida e garantir a vitória que não veio.

"Em um jogo desse, era fundamental fazer o gol na frente. Estava muito claro que a Chape iria se atirar e proporcionar os contra-ataques. Não tivemos tranquilidade para matar o jogo. Várias vezes estivemos perto do segundo. Tivemos uma atuação segura, mas tivemos muitas chances perdidas, lamentavelmente", disse.

O gol do Cruzeiro foi marcado por Dedé, ainda nos primeiros minutos do primeiro tempo. No decorrer da partida, principalmente na etapa final, o Cruzeiro ainda teve ótimas chances de ampliar o marcador, mas não conseguiu fazer o segundo. Ao mesmo tempo, permitia que a Chapecoense atacasse com perigo em busca do empate. No último lance da partida, veio o castigo e o gol marcado pelos anfitriões.

"Há um ambiente muito bom lá dentro, mas já são 25 jogos. O Cruzeiro teve apenas quatro vitórias. É uma realidade pesada", acrescentou.

Com o tropeço fora de casa, o Cruzeiro foi aos 22 pontos e permanece na 18ª colocação, a quatro pontos do Ceará, primeiro time fora da zona de rebaixamento. No meio da semana, a Raposa volta a fazer uma partida em Belo Horizonte, mas terá pela frente ninguém menos que o São Paulo.

Futebol