Topo

Pará explica tática "simples" de Sampaoli que deu certo contra o Palmeiras

Pará concede entrevista coletiva no CT do Santos - UOL
Pará concede entrevista coletiva no CT do Santos Imagem: UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

11/10/2019 10h39

O Santos venceu o clássico contra o Palmeiras por 2 a 0 em uma das melhores atuações da equipe no ano. Diferente da maioria dos outros jogos da temporada, o técnico Jorge Sampaoli montou o time de uma forma mais simples, em um 4-1-4-1 e dominou o rival durante os 90 minutos.

Segundo o lateral-direito Pará, maior novidade na escalação, o esquema mais simples foi muito pela sua falta de ritmo. A formação não contou com nenhuma das alternativas mais "complexas" que o argentino costuma usar: linha de três em dado momento, de quatro em outro, lateral como zagueiro, zagueiro como falso-lateral, lateral por dentro, entre outros.

"Essas variações que fazemos durante os jogos são treinadas. Não é gritar lá fora, Pará dentro, Jorge terceiro zagueiro. Treinamos. Ele faz variações e fazemos o que pede. Contra o Palmeiras fez as coisas um pouco mais simples, eu não tinha sequência. Ele fez o esquema com quatro atrás, sem entrar para dentro como o Ferraz e formar um segundo volante com Pituca. Procuramos fazer as coisas mais simples e conseguimos um resultado importante", explicou Pará.

A vitória no clássico foi a terceira consecutiva do Santos no Brasileirão e também o terceiro jogo seguido sem sofrer gols. O Peixe coloca à prova seu bom rendimento fora de casa neste domingo, às 16h, contra o Internacional, no Beira-Rio, pela 25ª rodada do Brasileirão.

Santos