Topo

Futebol


Inter esbarra em contratos de Roger e Tiago Nunes atrás de novo treinador

Felipe Oliveira/EC Bahia
Imagem: Felipe Oliveira/EC Bahia

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

11/10/2019 13h20

Os primeiros contatos do Internacional para substituir Odair Hellmann não deram certo, até agora. Roger Machado e Tiago Nunes, nomes preferidos da diretoria, possuem contratos com Bahia e Athletico, respectivamente, e a mudança a Porto Alegre não aparece como possibilidade no horizonte de ambos.

As movimentações do Inter no mercado começaram na noite de quinta-feira, após confirmação da demissão de Odair, e avançaram ao longo das primeiras horas de hoje (11). O clube segue sem dar prazo para concluir as tratativas, mas já descarta anunciar treinador no final de semana.

Os dirigentes admitem dificuldades em avançar, mas adotaram o discurso de não riscar nenhum nome da lista de especulados.

Roger é um alvo que o Inter já analisou antes, mas atualmente ele está bem em Salvador e comanda uma boa campanha no Brasileirão. Além disso, o ex-lateral do Grêmio e Fluminense tem contrato até dezembro do ano que vem.

Tiago Nunes, campeão da Copa do Brasil diante do próprio Internacional, tem vínculo até dezembro. A permanência ainda é tratada como provável, mas não gerou nenhuma tratativa com os dirigentes do Athletico.

O UOL Esporte ouviu que o objetivo do Internacional é assinar com um treinador que permaneça no clube em 2020. Ou seja, sem mandato tampão e específico para a reta final do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, diante da dificuldade de negociar com os principais alvos a contratação de um técnico provisório aparece no fim da lista de alternativas.

Diante do Santos, no domingo, Ricardo Colbachini será o treinador. O comandante do time B tem chance de também dirigir a equipe principal contra o Avaí, na quinta-feira, em Florianópolis.

Nomes como Bolívar, ex-zagueiro e atualmente no comando do Brasil de Pelotas, e Lisca, ex-Ceará e próprio Inter, não estão sendo considerados no momento.

Futebol