Topo

UOL Esporte vê TV


Cereto aprova Jorge Jesus na seleção: "Se faz no Flamengo, faz no Brasil"

Jorge Jesus, técnico do Flamengo, durante partida contra o Sao Paulo pelo Campeonato Brasileiro - Thiago Ribeiro/AGIF
Jorge Jesus, técnico do Flamengo, durante partida contra o Sao Paulo pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/10/2019 19h32

Na edição de hoje (11) do Seleção SporTV, os comentaristas da emissora falaram sobre a possibilidade de Jorge Jesus treinar a seleção brasileira um dia. O técnico do Flamengo foi questionado sobre o assunto na entrevista coletiva pós-jogo ontem. Para Carlos Cereto, o treinador português poderia levar algo diferente para a equipe.

"Eu adoro o Tite, mesmo. Mas reflete o desejo dos brasileiros e meu de ver algo no Brasil que possa encantar como tem sido no Flamengo. Se consegue fazer isso com Flamengo, vai fazer com a seleção brasileira. Faz tempo que não temos na Seleção algo diferente", declarou Cereto.

Muricy Ramalho, que também participou da atração, vê a situação de outra maneira. Na opinião do ex-treinador, a falta de tempo de trabalho com os jogadores formaria um cenário pouco favorável para Jorge Jesus. O comentarista se lembrou da dificuldade que Jorge Sampaoli teve na seleção argentina.

"Será que, como ele tem a semana cheia em time de futebol, não vai ter dificuldade em seleção como teve o Jorge Sampaoli quando comandou a Argentina? Seleção é muito difícil. O cara se apresenta e o técnico tem um dia para resolver e colocar lá o estilo dele. Sampaoli teve dificuldades na Argentina. Não deu certo. Futebol que ele pensa é complexo. Como o Fernando Diniz. Não sei como seria Jesus na seleção", opinou Muricy.

À frente do Flamengo, Jorge Jesus vem sendo muito elogiado. Sob seu comando, o time rubro-negro foi eliminado pelo Athletico Paranaense nas quartas de final da Copa do Brasil, mas está nas semifinais da Copa Libertadores da América, e lidera o Campeonato Brasileiro com oito pontos de vantagem para o segundo colocado e pontuação recorde.

UOL Esporte vê TV