Topo

UOL Esporte vê TV


Web "trolla" craque do jogo, elege reserva e desconcerta Cléber Machado

Cléber Machado, narrador do Grupo Globo - Reprodução
Cléber Machado, narrador do Grupo Globo Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/10/2019 21h47

Corinthians e Athletico Paranaense se enfrentaram hoje (10), em São Paulo, e empataram em 2 a 2, em jogo movimentado, especialmente no primeiro tempo. Durante a transmissão do jogo no site da Globo, o que chamou a atenção foi, mais uma vez, a eleição do Craque do Jogo. Caíque, goleiro reserva do time paulista, que nem entrou em campo foi o mais votado pelos internautas. No fim, somados os votos dos comentaristas, Thonny Anderson, do Furacão, ficou com o prêmio.

No momento de anunciar o prêmio, o narrador Cléber Machado foi pego de surpresa pela votação popular e acabou se enrolando.

"O Craque do jogo já foi eleito pela galera, a galera que foi ao... Não, espera um pouco, deixa eu ver essa jogada. Caíque 34,6%. Estavam Gil e Boselli no top-3, mas perdi a porcentagem dos outros dois, porque fiquei meio abalado [com o resultado]. Teve aquela virada bem-humorada, na base da onda e da zoação da internet", declarou Cléber.

Após sofrer com "trolladas" da web, e para evitar situações constrangedoras, a Globo estabeleceu um novo sistema para a eleição do Craque do Jogo. O voto da internet tem peso um, assim como o dos comentaristas. Em caso de empate, o narrador faz a escolha. Roger e Pedrinho, que comentaram o jogo não deixaram passar despercebida a brincadeira dos internautas em seus votos.

"Eu vou fugir dessa eleição, é claro que é uma trollada. Vou votar em Thonny Anderson", disse Roger.

"Acho que hoje ele (Caíque) não foi o melhor em campo (risos)", rebateu Cléber Machado

" Vou no Léo goleiro [do Athletico]", disse Pedrinho.

Com o empate, coube a Cléber Machado o voto final: "Foi o colegio eleitoral mais amplo da história. Vou votar no Thonny Anderson, fez uma bela partida. 21 anos de idade, tem pouca chance, a personalidade, jeito de jogar, fez tabela. Vou no Thonny Anderson".