Topo

Presidente do Inter cita vice da Copa do Brasil ao falar da saída de Odair

Divulgação/SC Internacional
Imagem: Divulgação/SC Internacional

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

10/10/2019 18h34

O Internacional demitiu Odair Hellmann ainda como reflexo da perda da Copa do Brasil. Hoje (10), Marcelo Medeiros, presidente do clube gaúcho, citou a derrota para o Athletico ao justificar a decisão de desligar o treinador. Ainda segundo o dirigente, o time passou a ter queda de rendimento depois da frustrante finalíssima em casa. A diretoria vermelha também evitou dar detalhes sobre quem será o novo comandante da equipe.

Desde que perdeu o título da Copa do Brasil em casa, o Inter disputou cinco jogos e venceu apenas um: contra a Chapecoense, em casa. Depois, acumulou duas derrotas e dois empates.

"É questão de desempenho. O Inter teve postura apática ontem, deixou escapar a vitória contra o Cruzeiro e uma derrota impactante. Entendemos que é momento de uma mudança para conseguir algo no final do ano", disse Medeiros.

Em uma entrevista de 15 minutos, o presidente do clube gaúcho olhou em retrospecto para o trabalho de Odair Hellmann e tergiversou ao ser indagado sobre o novo treinador.

"Não fizemos nenhum contato com qualquer treinador. Até a conversa que terminou a pouco, não falamos com nenhum treinador de futebol. Só vamos falar, procurar e aproximar um futuro profissional quando terminar essa coletiva. Não tem perfil, não tem nome e não tem tempo. Não sei se é tampão, se é até o final do ano que vem", afirmou o dirigente.

A única informação concreta diz respeito ao interino. Ricardo Colbachini, treinador do time sub-23, comanda o treino de sexta-feira e 'muito provavelmente' trabalhará no jogo contra o Santos, domingo, em Porto Alegre. E que Odair Hellmann foi comunicado da decisão em reunião no clube e não por telefone.

"Ele recebeu um telefonema para comparecer a uma reunião e a comunicação foi feita aqui. Na presença do nosso diretor executivo, do comando do departamento de futebol e na minha presença. A gente deseja ao Odair sucesso na carreira. Tenho certeza que pelo trabalho, principalmente pelo tempo que ele ficou aqui, o Odair voltará a treinar o Inter. Ele saiu deixando as portas abertas e vai dar continuidade ao processo de evolução na carreira".

Internacional