Topo

Após reunião, Internacional decide demitir Odair Hellmann

Técnico Odair Hellmann observa partida entre Internacional e CSA em Maceió - Itawi Albuquerque/AGIF
Técnico Odair Hellmann observa partida entre Internacional e CSA em Maceió Imagem: Itawi Albuquerque/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

10/10/2019 16h34Atualizada em 10/10/2019 17h08

Resumo da notícia

  • O Internacional confirmou a demissão do técnico Odair Hellmann.
  • O treinador foi desligado do clube depois da derrota de ontem por 1 a 0 para o CSA, em Alagoas.
  • Os jogadores chegaram a defender a permanência do treinador, mas não tiveram sucesso.
  • Odair deixa o Inter depois de um período de um ano e 10 meses.

Odair Hellmann não é mais treinador do Internacional. Hoje (10), a diretoria do clube gaúcho se reuniu e confirmou aquilo que era uma tendência desde a madrugada. O técnico foi demitido após a derrota para o CSA, em Alagoas, que fez o time acumular quatro rodadas sem vitória no Campeonato Brasileiro.

Antes do revés em Maceió, o Inter empatou com Cruzeiro e Palmeiras e perdeu para o Flamengo.

A direção do Inter irá se manifestar oficialmente ao final da tarde, em entrevista coletiva. Além de Odair, Mauricio Dulac, auxiliar técnico, também deixa o clube. Roberto Melo, vice de futebol, segue na função.

A grande dúvida passa a ser, em um primeiro momento, quem comanda o time diante do Santos, domingo, na 25ª rodada do Brasileirão. Assim como a estratégia do clube no mercado: buscar um técnico até dezembro ou já alinhavar substituto de olho em 2020.

A demissão de Odair já estava desenhada desde o pós-jogo no estádio Rei Pelé. Os dirigentes demoraram mais de uma hora para manifestação tradicional, e Roberto Melo, vice de futebol, não garantiu o treinador no cargo. A partir disso, a saída foi considerada iminente.

O Inter aguardou o desembarque da delegação, pela manhã, e depois aproveitou reunião ordinária do Conselho de Gestão para tratar do tema. Odair foi avisado por Rodrigo Caetano, diretor executivo de futebol, da demissão. A ligação foi realizada por volta das 16h30min (horário de Brasília), em meio ao encontro no Beira-Rio.

Odair estava no cargo há um ano e 10 meses, sendo o treinador mais longevo do Inter desde a década de 1970. Ao todo, ele comandou o time em 116 jogos com 60% de aproveitamento.

Internacional