Topo

Futebol


Avaí e Vasco empatam e seguem estagnados na parte de baixo tabela

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/10/2019 21h14

Em jogo sonolento, Avaí e Vasco empataram em 0 a 0, hoje (10) à noite, no estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, e seguiram estagnados em suas respectivas posições na parte debaixo da tabela.

O Avaí segue afundado na penúltima colocação, com apenas 17 pontos e a oito do CSA, o primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Já o Vasco continuou na 14ª posição, com 28 pontos e a cinco do grupo da degola.

Na próxima rodada, os catarinenses visitam o Ceará e os cariocas recebem o Fortaleza em São Januário.

Jogo ruim tecnicamente

Quem assistiu à partida entre Avaí e Vasco precisou lutar contra o sono. As duas equipes demonstraram uma péssima qualidade técnica, mesmo em jogadas de fácil execução. Os catarinenses criaram mais no primeiro tempo, já os cariocas tiveram o domínio na etapa final e desperdiçaram boas oportunidades.

Avaí teve mais chances no primeiro tempo

O Avaí criou mais que o Vasco no primeiro tempo, apesar da falta de criatividade. As melhores oportunidades surgiram nas bolas paradas ou chutes de fora da área, tirando a jogada do vídeo abaixo que foi muito bem construída e faltou alguém concluir a gol. O Cruzmaltino chegou uma única vez com perigo quando Rossi foi à linha de fundo, cruzou rasteiro e Ribamar não alcançou.

No travessão!

O Vasco voltou melhor no segundo tempo e, aos 16, Danilo Barcelos bateu escanteio da direita, Vladimir saiu mal, sem tempo, e Ribamar cabeceou livre. A bola bateu caprichosamente no travessão.

Ribamar x Vladimir

O atacante Ribamar e o goleiro Vladimir travaram um duelo particular na Ressacada. O arqueiro do time catarinense fez defesas importantes.

Talles é discreto e sai machucado

Muito marcado durante o primeiro tempo, Talles Magno teve uma atuação discreta. O atacante foi substituído no intervalo por Felipe Ferreira por estar com dores no tornozelo esquerdo. Na etapa inicial, recebeu ainda um cartão amarelo por uma mão no rosto do zagueiro Betão.

O melhor - Vladimir

Embora tenha falhado no lance em que Ribamar cabeceou para acertar o travessão, o goleiro do Avaí fez três importantes defesas no segundo tempo em lances que poderiam ter mudado a história do jogo.

O pior - Rossi

Não conseguiu dar prosseguimento às jogadas e matou contra-ataques tomando decisões erradas com a bola. Vive fase ruim desde que retornou de uma crise de apendicite.

Luxa modifica e time melhora

O Vasco teve um primeiro tempo muito ruim, e precisou que o técnico Vanderlei Luxemburgo desse uma sacudida na equipe. No intervalo, tirou Talles Magno, lesionado, e colocou Felipe Ferreira, e também sacou Raul para a entrada de Andrey. O time criou mais oportunidades, mas faltou qualidade nas finalizações.

Avaí faz jogo franco

O técnico Alberto Valentim partiu para o jogo franco mesmo estando na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro. No primeiro tempo, inclusive, os catarinenses foram melhores.

Torcida do Vasco comparece em bom número

Como sempre em jogos em Santa Catarina, a torcida do Vasco compareceu em bom número ao estádio da Ressacada e fez a festa antes e durante o jogo.

Veja como foi a chegada do Avaí

Veja como foi a chegada do Vasco

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 0 X 0 VASCO
24ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Hora: 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
VAR: Igor Junior Benevenuto (MG)
Cartões amarelos: Mosquera (AVA); Talles Magno (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Nenhum

Avaí
Vladimir; Yuri (Léo), Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Mosquera (Igor Leandro), Richard Franco e Douglas; João Paulo, Caio Paulista e Jonathan (Matheus Lucas)
Técnico: Alberto Valentim

Vasco
Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Richard, Raul (Andrey) e Marcos Júnior; Rossi, Ribamar (Clayton) e Talles Magno (Felipe Ferreira)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Futebol