Topo

Brasileirão - 2019


Técnicos de seleção, Sampaoli e Mano trocam elogios e fazem duelo inédito

Jorge Sampaoli e Mano Menezes vão se enfrentar pela primeira vez - Fernanda Luz/AGIF / Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Jorge Sampaoli e Mano Menezes vão se enfrentar pela primeira vez Imagem: Fernanda Luz/AGIF / Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Eder Traskini e Leandro Miranda

Do UOL, em Santos e São Paulo

09/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Jorge Sampaoli e Mano Menezes farão hoje duelo inédito entre si
  • Treinadores de Santos e Palmeiras já trocaram elogios recentemente
  • Sampaoli tem estilo único no Santos, enquanto Mano tenta dar sua cara ao Palmeiras
  • Jogo é confronto direto na parte de cima da tabela do Brasileirão

Dois treinadores de primeiro nível no futebol brasileiro e que já comandaram as seleções de seus respectivos países vão se enfrentar pela primeira vez na carreira, hoje, no clássico entre Santos e Palmeiras, a partir das 21h30, na Vila Belmiro. Jorge Sampaoli e Mano Menezes protagonizam um duelo inédito que, além de um confronto direto na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro, também promete um encontro interessante de estilos dentro do campo.

Sampaoli está no Santos desde o início da temporada e tem conseguido fazer o time alvinegro jogar um tipo de futebol raro no país. Muitos jogadores no campo ofensivo, pontas dribladores bem abertos, laterais construindo por dentro e meio-campistas preenchendo a área são algumas das características de sua equipe, que também tem uma linha defensiva adiantada e tenta sempre jogar com intensidade sem a bola.

Do outro lado, Mano está ainda nos primeiros estágios de seu trabalho no Palmeiras, que recentemente completou um mês. Mais conservador que o rival, o treinador ainda assim tem tentado implantar no Verdão um estilo diferente daquele do antecessor Luiz Felipe Scolari. Com o novo técnico, o time tenta trabalhar mais a bola, criar linhas de passe e girar de um lado para o outro até achar a brecha, em vez de acelerar sempre e esticar muitas bolas no centroavante.

Curiosamente, os dois nunca se enfrentaram, mas já trocaram elogios. Mano Menezes já disse que Sampaoli - assim como outros estrangeiros, como o português Jorge Jesus, do Flamengo - tem muito a acrescentar ao futebol brasileiro, e que o país precisa de treinadores competentes, independentemente da nacionalidade. O argentino, por sua vez, disse respeitar muito o rival, que "saiu do Cruzeiro completamente criticado e hoje é o grande líder do Palmeiras".

A dupla já poderia ter medido forças no comando de seus países, mas as passagens de ambos por suas seleções não coincidiram e foram mais rápidas do que eles gostariam. Mano assumiu o Brasil no lugar de Dunga, após a Copa do Mundo de 2010, depois que Muricy Ramalho, alvo inicial da CBF, recusou o convite. Em um processo de reformulação, teve altos e baixos, perdeu a Copa América de 2011 e a Olimpíada de 2012, e acabou demitido quando o time vivia um de seus melhores momentos, dando lugar justamente a Felipão.

Já Sampaoli teve uma passagem de muito sucesso pelo Chile entre 2012 e 2016, conquistando o título inédito da Copa América em 2015. Depois, virou técnico da Argentina de forma quase emergencial em junho de 2017, com o time correndo risco de não se classificar para a Copa. Ele conseguiu a vaga no Mundial, mas nunca achou a formação ou a escalação ideal. Na Rússia, fez uma primeira fase aos trancos e barrancos e acabou eliminado nas oitavas de final pela eventual campeã França, em um dos melhores jogos da competição.

Agora, os dois se encontram pela primeira vez em um cenário de confronto direto e perseguição ao líder Flamengo. O Palmeiras é o segundo colocado do Brasileirão, com 47 pontos, enquanto o Santos aparece em terceiro, com 44. Só a vitória interessa para ambos, ainda mais depois do tropeço em casa do time alviverde, que só empatou por 1 a 1 com o Atlético-MG na última rodada e viu o Rubro-Negro abrir cinco pontos de frente na liderança.

FICHA TÉCNICA

Santos x Palmeiras

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 9 de outubro de 2019 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Inês Back (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Santos: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison (Luan Peres), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Tailson, Marinho e Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli

Palmeiras: Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Lucas Lima); Dudu, Willian e Luiz Adriano (Borja). Técnico: Mano Menezes