Topo

Futebol


Vampeta é cobrado na Justiça por pensão das filhas e tem ameaça de prisão

Vampeta e a filha Giovanna, que passou por um transplante de coração no EUA - Reprodução TV Globo
Vampeta e a filha Giovanna, que passou por um transplante de coração no EUA Imagem: Reprodução TV Globo

Bruno Thadeu

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

08/10/2019 15h36

O ex-jogador Vampeta enfrenta três processos por pensão alimentícia movidos por Roberta Soares Galiza, com quem teve duas filhas. Ao UOL, a advogada de Roberta, Eva Petrella, informou que entrará com pedido de prisão contra Vampeta em virtude de seguidos atrasos na pensão.

Nesta terça-feira, o jornal Extra comunicou que a dívida de Vampeta é superior a R$ 200 mil. A advogada de Roberta confirmou os valores ao UOL. Os processos correm em segredo de Justiça.

Conforme estabelece a lei, o pedido de prisão por atraso de pensão alimentícia é feito pela mãe (Roberta), que tem a guarda. Geralmente, o pedido é feito após três meses de inadimplência. Neste caso, o juiz analisará a solicitação, podendo intimar o responsável pelo pagamento (Vampeta) a se explicar. Não havendo o pagamento, o juiz pode decretar a prisão.

"Vou pedir a prisão porque vai completar o terceiro mês sem pagamento. E, nos meses anteriores, ele paga uma pequena quantia ou mesmo não paga. É importante entender que a pensão não é para a mãe, mas para as filhas", disse Eva Petrella.

O UOL apurou que a Justiça penhorou os rendimentos da empresa Velho Vamp Esporte, de propriedade do ídolo do Corinthians. Pela empresa, o ex-jogador recebe, por exemplo, pelos serviços prestados à Rádio Jovem Pan, onde atua como comentarista esportivo.

Segundo a advogada da mãe das filhas, Vampeta pediu a revisão da pensão. A Justiça negou reduzir a pensão de R$ 17 mil para R$ 4 mil. Os atrasos na pensão ocorrem desde 2014.

"O Vampeta não se conformou com a decisão da Justiça e não pagou mais. Ele não paga as pensões das filhas, mas tem recursos. Ele faz comerciais, trabalha para a rádio e virou marca de cerveja", disse a advogada.

As duas filhas moram com a mãe nos Estados Unidos. Segundo o jurídico de Roberta Galiza, o tratamento de uma das filhas de Vampeta foi bancado pelo atual marido de Roberta. Giovanna tem 16 anos e sofre de problema cardíaco. Ela faz tratamento nos Estados Unidos.

"Vimos recentemente reportagem [Rede Globo] mostrando o Vampeta conversando com a filha, mas quem cuidou e ajudou a bancar o tratamento foi o padrasto dela".

O UOL não conseguiu localizar o advogado de Vampeta, Tito Lívio Moreira.

Mais Futebol