Topo

Renovação de Talles no Vasco reforça poder de agente e queda do "Quiosque"

Atacante Talles Magno renovará com o Vasco até 2023 e terá uma multa que passará dos R$ 200 milhões - Thiago Ribeiro/AGIF
Atacante Talles Magno renovará com o Vasco até 2023 e terá uma multa que passará dos R$ 200 milhões Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

08/10/2019 04h00

Renovação encaminhada, multa a ser aumentada e uma decisão que significa bem mais do que uma simples troca de agentes. A iminente extensão do vínculo de Talles Magno reforça o poder do empresário Carlos Leite no Vasco e o consequente esvaziamento da chamada "Turma do Quiosque".

Para entender melhor esta história, vamos por partes. Talles, desde muito jovem, teve como empresário Bruno Lopes. Após o garoto passar a ter destaque nas divisões de base, o agente assinou um contrato de parceria com a Life Pro, mesma empresa que ajudou o Vasco nas contratações de Maxi Lopez, Leandro Castan e Bruno César, e que está por trás da chamada "Turma do Quiosque" - grupo de cruzmaltinos que ganhou notoriedade nas redes sociais pelos discursos inflamados e a certa influência que tinha, até então, com o presidente vascaíno, Alexandre Campello.

Ocorre que está relação azedou, principalmente depois da saída conturbada de Maxi Lopez via Justiça do Trabalho. De parceira de negócios no mercado da bola, a Life Pro passou a ser escanteada pelo mandatário cruzmaltino, algo que nunca ocorreu com Carlos Leite, por exemplo, com quem a "Turma do Quiosque" trocou alfinetadas públicas em algumas oportunidades.

Há cerca de dois meses, a Life Pro já tinha tomado ciência de que os familiares de Talles haviam decidido por não renovar com a agência. E o sentimento - por mais que eles não falem publicamente sobre o assunto - foi o de frustração e decepção com o jovem, uma aposta deles lá atrás.

O atual contrato se encerra nesta quinta-feira (10) e Magno ficará livre para assinar um novo vínculo com Carlos Leite, o que irá chancelar a força do velho parceiro comercial vascaíno, que em diversas oportunidades socorreu o Vasco emprestando milhões de reais e teve como retorno o lucro da venda de algumas peças, como Mateus Vital, Luan e Paulinho, mais recentemente.

Vale lembrar que, a reboque de Talles Magno, Leite terá como seu jogador o irmão mais velho do jovem: Kaio Magno, que recentemente foi efetivado aos profissionais por Vanderlei Luxemburgo.

Multa milionária e blindagem para investidas nacionais

Mais do que o contrato até 2023 e uma multa rescisória ainda maior para o exterior - passando da casa dos R$ 200 milhões - Talles será blindado das investidas nacionais, algo que causava grande preocupação na diretoria vascaína.

Atualmente, a multa para clubes brasileiros era apenas de R$ 12 milhões, algo que fez o Flamengo e o Palmeiras sondarem o jogador, apesar do mesmo sempre dar preferência à continuidade no Vasco.

Com a renovação que deverá ser oficializada nos próximos dias, Talles Magno terá a multa nacional também aumentada.