Topo

UOL Esporte vê TV


"Não vi nada demais", diz Villani sobre bronca de J. Jesus em Renier

villani -
villani

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/10/2019 15h44

Gustavo Villani amenizou a bronca dada pelo técnico Jorge Jesus ao jovem Renier após a vitória do Flamengo, por 1 a 0, sobre a Chapecoense. Presente no Seleção SporTV desta segunda-feira, o narrador afirmou não ter visto 'nada demais' na cobrança feita pelo português na saída de campo. Ele ainda elogiou a postura do jogador rubro-negro em aceitar a "dura" do comandante.

"Eu não vi nada demais na bronca do técnico, achei importante. Está em formação, é importante. Fica deslumbrado às vezes, e isso é normal. São cinco jogos e dois como titular, precisa de referência. Não trazem um cara como Jesus para dar referência, também? É papel do técnico", falou Villani.

"Somos muito paternalistas. Vemos esse tipo de postura como impensável. O Guardiola faz na Inglaterra com o Gabriel Jesus e a gente acha que ele quer vencer. Aqui, não. Aproveitou a chance. E fica aqui o elogio ao garoto que aceitou, que ouviu. Está na moda não aceitar", completou.

O narrador ainda avaliou as atuações Renê e Vitinho na partida contra a Chapecoense. Vale lembrar que o Mengão não contou com Arrascaeta e Filipe Luís, lesionados, além de Gabigol, suspenso.

"Renê, se não substitui igualmente o Filipe Luís, cumpre funções, apoia, defende, cai pelo meio. É bom jogador. Vitinho ainda está aquém do esperado", disse Villani.

Líder do Campeonato Brasileiro com 52 pontos, o Flamengo entra em campo nesta quinta-feira, às 20h, para encarar o Atlético-MG.