Topo

Futebol


Barcelona demite Valdés de time juvenil após rixa com Kluivert e polêmicas

Victor Valdés foi apresentado como técnico nas categorias de base do Barcelona em julho - FC Barcelona/Divulgação
Victor Valdés foi apresentado como técnico nas categorias de base do Barcelona em julho Imagem: FC Barcelona/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

07/10/2019 08h17

Durou menos de três meses a história conturbada de Victor Valdés, ídolo do Barcelona, no comando do time juvenil do clube catalão. Hoje, a equipe anunciou a demissão do ex-goleiro, que deu adeus aos gramados em agosto de 2017.

A notícia já era esperada desde o fim de semana, quando o técnico não viajou com o time para Tarragona, atitude considerada a "gota d'água" pela diretoria do Barça. Para ocupar o lugar de Valdés, o escolhido foi o espanhol Franc Artiga.

O período em que o ex-goleiro comandou a equipe juvenil do Barça foi marcado por uma série de polêmicas desde sua apresentação: na entrevista, ele disse que talvez seria demitido, mas tinha a esperança de fazer um bom trabalho.

O principal problema de Valdés, segundo o jornal Marca, foi com o holandês Kluivert, diretor de treinamento de futebol e também ídolo do clube. Segundo o veículo, o ex-atacante deu uma bronca pelo fato de o técnico não utilizar o esquema 4-3-3 na equipe, modelo em que os garotos do Barcelona estão acostumados a jogar. Na ocasião, Valdés "bateu de frente" e disse que ele era o responsável pelas táticas.

Outra situação que gerou desgaste interno foi a decisão de Valdés de remover seus comandados da Copa Otten, justificando que não havia tempo de descanso suficiente para a recuperação dos atletas.

Além disto, Valdés também não compareceu à apresentação do departamento de metodologia, evento em que estavam presentes outros treinadores do clube, e em um jantar dos técnicos da equipe.

Por fim, um atraso em uma partida do Barcelona - em casa - contra a Inter também irritou a diretoria espanhola. Tudo porque, segundo o Marca, Valdés queria dar uma palestra mais alongada aos atletas. A ideia acabou fazendo o time chegar 30 minutos após o permitido e trouxe ao Barcelona uma multa aplicada pela Uefa.

Futebol