PUBLICIDADE
Topo

Flamengo inicia série sem Gabigol e tenta manter distância contra a Chape

Gabigol comemora gol do Flamengo contra o Santos; atacante desfalca a equipe  - Bruna Prado/Getty Images
Gabigol comemora gol do Flamengo contra o Santos; atacante desfalca a equipe Imagem: Bruna Prado/Getty Images

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

06/10/2019 04h00

Classificação e Jogos

Sinônimo de bola na rede no Flamengo, Gabigol, autor de 32 dos 101 gols do time na temporada, está fora do time na partida de hoje (6) contra a Chapecoense, às 11h, na Arena Condá. Para preocupação rubro-negra, a ausência do artilheiro será parte da rotina da equipe nas próximas rodadas do Brasileiro.

Suspenso pelo terceiro amarelo, o atacante não estará em Chapecó, mas também não se fará presente nos jogos ante Atlético-MG e Athletico-PR, já que foi convocado por Tite para dois amistosos da seleção brasileira, que encara Senegal e Nigéria em Cingapura. Na ponta da tabela, com 49 pontos, o Fla vê o Palmeiras, que tem três a menos, no retrovisor.

Na previsão otimista, o camisa 9 estará de volta para o compromisso ante o Fortaleza, mas será necessária uma verdadeira maratona para estar na Arena Castelão, dia 16 de outubro, visto que a seleção pega os nigerianos no dia 13. Dada a distância e o desgaste da viagem, colocar o jogador na partida na capital cearense é uma escolha ainda incerta.

Sem sua referência, Jorge Jesus terá de formular alternativas para suprir a lacuna. Vitinho, Berrío e Reinier são as possibilidades menos traumáticas caso o "Mister" não queira mudar demais o time, já que Arrascaeta, que passou por cirurgia no joelho, também está fora., Com Gabigol indisponível, Bruno Henrique, autor de 20 gols no ano, deve fazer o papel de "9".

Rodrigo Caio, outro convocado por Tite, atua em Santa Catarina, mas também terá de servir à seleção após esta rodada. A perda dupla causou insatisfação, sentimento expressado pelo português:

"Não entendi muito bem a decisão do treinador do Brasil. Tinham dito que ia apenas um por equipe. Na Argentina, o técnico teve o cuidado de não levar do Boca Juniors e River Plate. Aqui é mais importante jogar contra o Senegal e a Nigéria, me parece ser uma questão financeira".

Goleador máximo do Brasileiro, Gabigol já anotou 18 vezes na competição. Antes de voltar suas atenções para a Libertadores, os rubro-negros terão de sobreviver no Brasileiro por um período sem seu principal homem-gol.

CHAPECOENSE x FLAMENGO

Data/Hora: 6/10/2019, às 11h (de Brasília)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rodrigo Ricardo Simon Manis (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Chapecoense
Tiepo, Bryan, Douglas, Rafael Pereira, Roberto; Elicarlos, Márcio Araújo, Campanharo e Camilo; Arthur Gomes e Everaldo.
Técnico: Marquinhos Santos

Flamengo
Diego Alves, Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio e Renê; Willian Arão, Gerson e Everton Ribeiro; Vitinho (Reinier), Bruno Henrique e Berrío
Técnico: Jorge Jesus

Flamengo