Topo

Com perdas importantes no ataque, Bota e Flu fazem clássico sem artilheiros

Clássico entre Botafogo e Fluminense colocará Barroca e Marcão frente a frente - Vítor Silva/Botafogo e Lucas Merçon / Fluminense F.C.
Clássico entre Botafogo e Fluminense colocará Barroca e Marcão frente a frente Imagem: Vítor Silva/Botafogo e Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Do UOL, no Rio de Janeiro

06/10/2019 04h00

Quando entrarem no gramado do Estádio Nilton Santos hoje (6), às 16h, Botafogo e Fluminense não terão seus artilheiros em campo. E o problema aumenta quando as duas equipes tiveram ainda mais perdas no setor ofensivo para o segundo semestre.

Goleador do Tricolor em 2019 com 15 gols, Luciano trocou o Rio de Janeiro por Porto Alegre. Recuado para uma função de meia-atacante na temporada, o centroavante tinha a melhor performance da carreira até ser negociado com o Grêmio. Do outro lado, quem partiu foi o vice-artilheiro, Erik, que fez 9 gols pelo Alvinegro antes de ir para o Yokohama F Marinos, do Japão.

Erik deixou Botafogo no meio do ano - Thiago Ribeiro/AGIF
Erik deixou Botafogo no meio do ano
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O Botafogo também não terá seu artilheiro na temporada e no Campeonato Brasileiro. Lesionado, Alex Santana, que marcou 10 vezes em 2019 (cinco na competição nacional) está fora da partida. Foi dele, inclusive, o gol da vitória alvinegra no primeiro turno, de cabeça. O Fluminense terá Yony González, empatado na artilharia com os mesmos 15 gols de Luciano. Mas o colombiano não vive boa fase, e não balança as redes a 11 partidas.

Se contabilizadas as saídas de Luciano, Everaldo, Pedro, Matheus Ferraz, Bruno Silva, Ezequiel, Ibañez e Marlon, que juntos marcaram 32 vezes, o Tricolor já perdeu 43% dos seus gols em 2019.

Luciano trocou Fluminense pelo Grêmio - Pedro H. Tesch/AGIF
Luciano trocou Fluminense pelo Grêmio
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Por outro lado, o Botafogo também tem do que reclamar: reforço para o segundo semestre, Biro-Biro, cria da base do Flu, descobriu problema cardíaco e rescindiu contrato com o clube antes de entrar em campo. Além disso, acumulou frustrações no mercado nas negociações com os atacantes Nicolás Blandi, do San Lorenzo (ARG), William Pottker e Neilto, ambos do Internacional.

Fica, então, a expectativa para descobrir se o clássico terá um herói improvável. A questão é que os dois times precisam da vitória: do lado alvinegro, para afastar a crise, e do lado tricolor, para se afastar da zona de rebaixamento.