Topo

Futebol


Brigas dentro e fora de campo marcam vitória do Paraná sobre o Coritiba

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

05/10/2019 17h00Atualizada em 05/10/2019 18h46

A vitória do Paraná Clube sobre o Coritiba pela Série B do Brasileiro neste sábado, pela 26ª rodada da competição, ficou marcada por brigas entre torcedores dentro e fora da Vila Capanema. Por conta da pancadaria, o jogo precisou ser paralisado e só foi retomado após o retorno das ambulâncias que saíram atender torcedores. Foram mais de 15 minutos de paralisação à espera do retorno dos veículos e de uma equipe médica.

Brigas nas ruas marcou início da tarde

Torcedores de Paraná Clube e Coritiba promoveram uma pancadaria na região da Vila Capanema, estádio que abriga o duelo entre os times de Curitiba na 26a rodada da Série B do Brasileiro.

Grupos ligados a comandos das torcidas organizadas Fúria Independente e Império Alviverde se encontraram na Avenida Mauricio Fruet, rua que leva ao estádio, e se atacaram em briga generalizada - veja o vídeo. Um ônibus municipal que seguia pelo caminho foi obrigado a mudar de direção repentinamente.

Em comunicado, a Polícia Militar estimou que cerca de 100 pessoas participaram da pancadaria. Ainda de acordo com o comunicado, a PM fez a dispersão da multidão sem identificar feridos e sem nenhuma detenção. Além da briga registrada na Av. Mauricio Fruet, a PM informou ter registro de encontro de torcidas em terminais de ônibus nos bairros Hauer e Sítio Cercado, mais distantes do estádio.

Confusão continuou dentro do estádio

A pancadaria seguiu dentro da Vila Capanema, mas desta vez apenas entre torcedores do Coritiba. A PM usou gás para dispersar a briga, mas o jogo chegou a ficar paralisado por alguns minutos enquanto tentava-se acalmar os ânimos. Duas torcedoras passaram mal após a briga na torcida do Coritiba e precisaram ser retiradas de ambulância, o que atrasou ainda mais o reinício da partida. Vários torcedores do Coritiba deixaram o estádio ainda no primeiro tempo, quando ocorreu a briga entre os alviverdes.

O jogo foi paralisado pela arbitragem aos 26 do primeiro tempo a pedido do quarto árbitro. Retomada a partida, nova paralisação aos 61 minutos (foram 14 minutos na primeira parada) quando o conjunto se deu conta de que não havia equipe médica no estádio. Em poucos minutos, o médico retornou e a partida teve sequência. O segundo tempo prosseguiu sem novos incidentes.

No jogo, vitória Tricolor construída no primeiro tempo

Em campo, o Paraná venceu o Coritiba por 2 a 0 e chegou a 38 pontos, um a menos que o Botafogo-SP, primeiro time dentro do G4 da Série B. Jenison e Bruno Rodrigues, de pênalti, marcaram os gols. Foi a segunda vitória tricolor em dois duelos com o Coxa nessa competição - no turno, vitória por 3 a 2 no Couto Pereira. O próximo adversário do Paraná será outro paranaense: o Operário, em novo duelo entre times que brigam pelo acesso, na cidade de Ponta Grossa.

Já o Coritiba ficou com 37 pontos, uma posição abaixo do próprio Paraná, mas com um jogo a ser realizado, contra o Cuiabá, em partida adiada da 24a rodada, a ser jogado em 29 de outubro, no Mato Grosso. Foi o segundo jogo de Jorginho como técnico coxa-branca. Na próxima rodada, o Coritiba recebe o Guarani.

Futebol