Topo

Futebol


Inter reclama de pênalti a favor do Cruzeiro: "Tem que ter paciência"

Do UOL, em Porto Alegre

05/10/2019 23h14

O Internacional saiu do empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, indignado. Logo depois do apito final, jogadores e até Odair Hellmann foram até o árbitro Wagner Magalhães contestar a decisão de revisar jogada entre Patrick e Orejuela para assinar pênalti. Marcelo Lomba, capitão do time gaúcho, chegou a dizer que nem os atletas do clube mineiro entenderam a decisão.

O gol do Inter foi marcado por Nonato, ainda no primeiro tempo, e o empate do Cruzeiro foi garantido por Fred. Na cobrança de pênalti, na etapa final.

"Para dar entrevista, vou manter meu caráter e falar com vocês. Amo o futebol, ele me deu tudo, mas é preciso ter muita paciência. O juiz acertou, o VAR errou e ele (juiz) errou de novo. Nem os jogadores do Cruzeiro sabiam o que foi. Porque o VAR vai se meter em lance interpretativo?", disparou Marcelo Lomba na saída de campo. "O Inter jogou muita bola. O Cruzeiro, se se ajustar, vai sair dessa situação. Mas o VAR não pode se meter nesse lance", completou.

Patrick, envolvido no lance, também falou e reclamou da atuação da arbitragem.

"O jogo começou normal, aberto e num lance que eu tenho certeza que não fiz pênalti… Eu vou dar o bote, ele adianta a bola e nisso, eu vou na bola. Ele bate em mim, cai e a câmera retarda a jogada como se eu tivesse feito a falta. Eu não fiz a falta, em momento algum toquei nele. Foi briga por espaço. Mas o VAR é correto", declarou o camisa 88.

O canal Premiere flagrou Odair Hellmann gesticulando de forma enfática diante do trio de arbitragem. O treinador já havia se irritado ao longo do jogo, quando Wagner Magalhães decidiu marcar a penalidade.

Com o resultado, o Internacional chega aos 38 pontos e perde uma posição. Agora, a equipe é sexta colocada na tabela do Campeonato Brasileiro.

Futebol