Topo

Flu encara Bota por moral de Marcão e "virada" em clássicos de 2019

Fluminense tem retrospecto ruim em clássicos em 2019 - MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC
Fluminense tem retrospecto ruim em clássicos em 2019 Imagem: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/10/2019 04h00

O Fluminense que entra em campo no domingo (6), às 16h, no Nilton Santos, querendo muito mais do que os três pontos sobre o Botafogo. Com retrospecto ruim em clássicos em 2019, o Tricolor quer voltar a bater os rivais estaduais, algo que conseguiu apenas uma vez no ano.

A única vitória do Flu em confrontos regionais aconteceu contra o arquirrival Flamengo, ainda em fevereiro, pelas semifinais da Taça Guanabara. De lá para cá, o Tricolor teve oito jogos e não venceu, conseguindo apenas três empates e perdendo cinco vezes.

"Minha expectativa é mudar esses números. É algo que me incomoda muito, como presidente e principalmente como torcedor. Os jogadores sabem que eu encaro esses jogos de maneira diferente. Na minha concepção, clássicos regionais são jogos diferentes. Paulo e Celso concordam comigo. Todos os jogos são importantes, mas clássico tem importância ainda maior, histórica, vale mais que três pontos", opinou o presidente Mario Bittencourt.

A média do Fluminense em jogos contra Flamengo, Vasco e Bota já vem decaindo nos últimos tempos. Desde 2010, o aproveitamento é muito ruim. São 27 vitórias, 33 empates e 51 derrotas no período. O último ano em que o Tricolor venceu mais do que perdeu contra seus rivais foi em 2012, quando foi campeão do Carioca e do Campeonato Brasileiro pela última vez, vencendo sete clássicos, empatando três e perdendo apenas três vezes.

Se serve de alento, o confronto direto contra o Alvinegro é o único onde o Flu ainda leva vantagem histórica. São 134 vitórias, 108 empates e 122 derrotas em partidas contra seu rival mais antigo, o que faz o clássico ser carinhosamente apelidado de Vovô. Nos últimos 10 jogos, equilíbrio: quatro vitórias para cada lado e dois empates.

"É algo que me incomoda bastante. Com todo respeito que temos ao rival, que é outro grande do Brasil, espero que vençamos o jogo e consigamos melhorar esses números", disse Mario.

Para o jogo, o Fluminense terá o "pé-quente" Marcão no banco de reservas. O treinador, efetivado pela diretoria, teve ótimo retrospecto contra o Botafogo na época de jogador, e tenta aumentar sua moral justamento contra o antigo fregês. Caso o Tricolor bata o Alvinegro, vencerá duas seguidas pela primeira vez no Brasileiro e encostará no meio da tabela.