Topo

Futebol


Após empate, Carille admite Clayson mal e fica esperançoso com Janderson

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/10/2019 21h33

O técnico Fábio Carille não gostou do desempenho do Corinthians tecnicamente no empate sem gols com o Grêmio hoje, em Porto Alegre, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador não gostou, principalmente, da atuação do time no primeiro tempo e fez três alterações na etapa final: Boselli, Jadson e Janderson entraram nos lugares de Clayson, Love e Mateus Vital.

Questionado sobre a saída do primeiro deles, Clayson, que deixou o time para a entrada de Boselli, o técnico Fábio Carille admitiu que o seu atacante preferido está mal tecnicamente. O treinador avisou que continuará passando confiança ao jogador, mas demonstrou bastante empolgação com Janderson, atacante revelado no clube e que atua na posição de Clayson.

"O Clayson é jogador da minha confiança, briguei pela continuidade dele no início do ano, nos ajudou no primeiro semestre. Ele está mal tecnicamente, mas em Chapecó o que se entregou e brigou. É com trabalho, é passando confiança, tem minha confiança para que melhore. Não sei se terei Everaldo neste ano, o Janderson está crescendo muito, menino que vi jogar pela direita na base, mas gosta de jogar na esquerda. os três de velocidade que tenho gostam de jogar na esquerda, estamos trabalhando para ele jogar na direita também", afirmou Carille.

Carille tentou explicar as alterações do segundo tempo. Apesar das mudanças, o Corinthians não teve variação tática. Começou e terminou no esquema 4-2-3-1.

"O que aconteceu foi que a gente começou a correr com a bola, conduzir e não trabalhar combinações. Com Love atrás do Mauro a gente controlou melhor, depois Jadson que é de passe, principalmente com Fagner. Cobrei no intervalo a gente melhora tecnicamente. Primeiro tempo foi de muitos erros e quando você erra com um time qualificado, sofre mais", disse.

O Corinthians desperdiçou a oportunidade de empatar em pontos com o Santos, terceiro colocado. A equipe de Fábio Carille, agora, soma 42 pontos e ocupa o quarto lugar na classificação. O Timão volta a campo na próxima quinta-feira, quando encara o Athletico, às 19h15, em Itaquera.

Mais Futebol