Topo

Esporte


Suárez chama a responsabilidade com Messi e Griezmann ainda longe do auge

Luis Suárez comemora gol marcado para o Barcelona contra a Inter de Milão - Denis Doyle - UEFA/UEFA via Getty Images
Luis Suárez comemora gol marcado para o Barcelona contra a Inter de Milão Imagem: Denis Doyle - UEFA/UEFA via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

03/10/2019 04h00

Desde que chegou ao Barcelona em 2014, Luis Suárez viu passar Neymar, Dembélé, Malcom, entre outros, na função de terceira parte do tridente ofensivo com Messi. Na atual temporada, o novo parceiro é Griezmann. E se o francês ainda não se encaixou, o uruguaio segue chamando a responsabilidade para deixar o clube espanhol longe da crise.

Diante da Inter de Milão, foi Suárez o responsável por evitar uma derrota em pleno Camp Nou pela Liga dos Campeões. Os dois gols do uruguaio - um deles um golaço - garantiram a vitória por 2 a 1 e ajudaram a deixar mais longe os questionamentos sobre o técnico Ernesto Valverde. A quarta colocação no Campeonato Espanhol não brilha os olhos e incomoda um clube acostumado a ser campeão.

"Sendo o atacante, sempre tento ajudar a equipe com gols e assistências. Estamos na melhor equipe do mundo e a qual todo mundo observa com uma lupa. É preciso estar forte, concentrado e sabendo que somos os rivais a sermos batidos. É essa mentalidade que temos que ter na Liga dos Campeões", afirmou ele, após a vitória sobre a Inter de Milão.

O jogo contra os italianos marcou o retorno de Lionel Messi. O argentino ficou de fora do jogo do final de semana por causa de uma lesão. Com o físico debilitado, o camisa 10 ainda sofre para voltar ao seu auge, mas fez boa jogada no lance que resultou no segundo gol de Suárez.

Suárez está com cinco gols em sete jogos na atual temporada. Além da vitória sobre a Inter de Milão, o uruguaio teve papel decisivo no triunfo por 2 a 0 sobre o Getafe no último sábado (28), pelo Campeonato Espanhol. Foi dele o primeiro gol da partida.

Na briga por entrar de vez nos trilhos na temporada, o Barcelona volta a campo no próximo domingo (6), contra o Sevilla, pelo Campeonato Espanhol.

Mais Esporte