PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Arão foge das polêmicas e garante Fla preparado para a semi da Libertadores

Willian Arão ressaltou que elenco do Flamengo está preparado para confronto com o Grêmio - Reprodução/Flickr Flamengo
Willian Arão ressaltou que elenco do Flamengo está preparado para confronto com o Grêmio Imagem: Reprodução/Flickr Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

01/10/2019 15h58

Na véspera de uma das partidas mais importantes da temporada para o Flamengo, a semifinal da Libertadores, contra o Grêmio, o volante Willian Arão adotou um tom cauteloso e fugiu das recentes polêmicas envolvendo as equipes, os técnicos Jorge Jesus e Renato Gaúcho e até mesmo dirigentes.

O jogador rubro-negro salientou que, mesmo que Jesus não tenha usado Rafinha, Filipe Luis e Gerson no início do confronto com o São Paulo, pelo Brasileiro - os três entraram no segundo tempo -, o elenco está preparado para a briga por uma vaga na final na competição sul-americana.

"Todos estão 100%. Estamos prontos em todos os aspectos. Se outro time optou por poupar, não é um problema nosso. Quem o Mister colocar em campo, vai estar em ótimas condições. Temos sede de vitória", disse.

O volante rechaçou qualquer clima de 'já ganhou', como alguns membros da cúpula do Grêmio insinuaram nos últimos dias:

"Não tem "oba oba". Estamos focados na próxima partida. Temos que melhorar, mas temos confiança no que fazemos no dia a dia. Estamos em um grande momento, mas com os pés no chão", afirmou, rebatendo algumas declarações de Renato Gaúcho:

"Não sei se é estratégia do Renato. Não sei o motivo. Desde que passamos do Inter (nas quartas de final da Libertadores), só tivemos vitórias e um empate. Não estávamos preocupados com esse jogo. Nos preocupamos sempre com o próximo. Sabemos tudo o que envolve, mas temos que chegar e jogar com alegria".

Arão foi mais incisivo ao afirmar que não trocaria jogador algum do Flamengo por um nome do Grêmio.

"Eu não trocaria ninguém do nosso time por ninguém. Não sei se estão procurando polêmica. Mesmo respeitando os colegas de profissão, prefiro os do Flamengo", disse.

Questionado sobre as comparações entre Jorge Jesus e Renato Gaúcho, Arão fez elogios aos dois treinadores, apontando o tempo que comandante adversário está à frente do Grêmio.

"Renato está há três anos, ganhou títulos. É difícil escolher um treinador, dizer quem está em um melhor momento. São dois grandes técnicos, com ideias de jogo um pouco diferentes", apontou.

Enquanto o Flamengo volta a uma semifinal de Libertadores depois de 35 anos, o Grêmio está nesta fase do torneio pela terceira vez consecutiva, tendo sido campeão em 2017. Mas, para o volante rubro-negro, o elenco da Gávea é bastante experiente para conseguir avançar.

"Não pode pesar a experiência deles, por mais que tenham vencido a Libertadores já. Temos jogadores que disputaram Champions, Copa do Mundo. Deixamos de lado isso de favoritismo. Não respondo treinador, dirigente. Nós estamos pensando no Flamengo", ressaltou.

Flamengo