PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cortez evita polêmicas, lembra passagem pelo Benfica e elogia Jesus

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

30/09/2019 18h56

Bruno Cortez conhece bem as ideias que norteiam o Flamengo, adversário do Grêmio na semifinal da Libertadores. Hoje (30), o lateral esquerdo lembrou da passagem pelo Benfica onde trabalhou com Jorge Jesus. O treinador português, agora, comanda o rubro-negro. Em meio aos elogios ao rival, o camisa 12 gremista não escondeu a predileção por Renato.

Grêmio e Flamengo se enfrentam na quarta-feira (2), em Porto Alegre, e depois voltam a duelar no dia 23, no Maracanã.

"Eu trabalhei com ele no Benfica, é um excelente treinador e vai ser um duelo muito bom. É importante a gente estar totalmente focado", disse Cortez.

O lateral esquerdo foi comandado por Jesus em 2013, quando foi emprestado pelo São Paulo ao Benfica. Apesar dos elogios ao português, a passagem pelo estádio da Luz não traz boas recordações. Cortez rapidamente perdeu espaço e foi devolvido em dezembro daquele ano.

"O Jesus é um excelente treinador, mas é com o Renato que eu tenho crescido como jogador. Por toda admiração e carinho que tenho, fico com o Renato", respondeu o lateral esquerdo ao ser indagado sobre qual treinador é melhor.

O Grêmio realizou treino com portões fechados no início da semana decisiva. A atividade só foi aberta aos jornalistas na reta final e com o acesso, a imprensa pôde confirmar a presença de Alisson. O meia-atacante ficou fora do jogo contra o Avaí em virtude dores musculares e passou a ser considerado dúvida para a partida com o Flamengo.

Futebol