PUBLICIDADE
Topo

Marcão se diz pronto, mas nega conversa para ser técnico do Flu

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/09/2019 19h21

O Fluminense venceu por 2 a 1 neste domingo e respirou no Campeonato Brasileiro. Mais que isso, o triunfo sobre o Grêmio aumentou as possibilidades de Marcão ser efetivado no comando da equipe após a demissão de Oswaldo de Oliveira. O até agora interino se diz pronto para a missão mas negou que já tenha havido uma conversa com a cúpula do futebol sobre o assunto.

Há uma clara divergência entre o presidente Mário Bittencourt e o vice geral Celso Barros. O único consenso no mercado é Felipão, mas a contratação é difícil. Assim, é grande a possibilidade de Marcão, técnico da casa, ser efetivado no comando do Tricolor.

"Sou funcionário do clube. Agradeço ao presidente Mário e ao doutor Celso pela confiança, em confiar no nosso trabalho e na comissão técnica. Nos tornamos um só hoje. Todos que torcem por esses meninos. E o resultado não poderia ser outro. Ainda não teve conversa. Ainda estamos no calor do jogo, na adrenalina. Vamos deixar durante a semana. Hoje não é isso o mais importante. O mais importante foi ter feito um grande jogo e dar alívio ao torcedor. Principal hoje não é o Marcão", disse o ídolo da torcida.

"Sobre estar preparado, quando você trabalha no Fluminense, você tem que estar preparado. O presidente, desde que entrou, disse que só colocaria pessoas que estão capacitadas. Viemos estugando bastante, tenho feito algumas viagens, converso bastante com Thiago Silva, Marcelo, eles dão referência do que acontece no jogo", completou Marcão.

O que a cúpula do futebol não pode negar é que Marcão conta com o apoio dos torcedores. Logo que acabou a partida, o nome do profissional foi gritado em alto volume no Maracanã.

"O sentimento do torcedor é o nosso. Sei o que eles estão sentindo. Aqui de dentro temos que ter tranquilidade para fazer as coisas certas. O carinho é inexplicável. Eles passaram essa energia maravilhosa para a equipe. A semana foi tensa. Os jogadores jogaram grande. Temos que enaltecer o trabalho desses jogadores por tudo o que passaram", finalizou.

Com a vitória, o Fluminense chegou aos 22 pontos e se mantém na 16ª posição - mesma pontuação do Fortaleza, que recebe o Botafogo nesta segunda-feira. O Tricolor, no entanto, abriu três pontos para o Cruzeiro, primeiro time na zona de rebaixamento - também entra em campo nesta segunda. O time volta a campo no domingo, quando medirá forças no clássico com o Alvinegro, no Nilton Santos.

Fluminense