PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Rodrigo lamenta eliminação e diz: "Não me sinto ameaçado no Atlético-MG"

Rodrigo Santana lamenta eliminação do Atlético-MG na Copa Sul-Americana 2019 - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Rodrigo Santana lamenta eliminação do Atlético-MG na Copa Sul-Americana 2019 Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

27/09/2019 00h40

Rodrigo Santana não se sente ameaçado no Atlético-MG. Mesmo com a sequência negativa no Campeonato Brasileiro e queda na semifinal da Sul-Americana 2019, o treinador acredita na palavra da diretoria e confia em uma recuperação do elenco na temporada.

"Olha, hoje eu te confesso que estou triste pela eliminação, mas em momento nenhum senti o meu cargo ameaçado. A nossa diretoria tem homens de palavra e eles sempre passam confiança para a gente. Não é qualquer diretoria que pega sete derrotas e mantém um treinador na primeira Série A dele. A gente sabe como é o futebol, é resultado", declarou.

"As pessoas começam a falar: 'tem um tal livre, outro ali livre'. Eu olho só para o trabalho, foco só no meu trabalho. Quero o melhor para o Galo. Independentemente do que a diretoria tomar de atitude, eu procuro fazer o meu melhor. Eu sigo trabalhando tranquilamente", acrescentou.

O treinador lamentou ainda que o sonho de vencer a Copa Sul-Americana tenha acabado de maneira tão dolorida: "O foco foi muito grande na Sul-Americana, mas infelizmente acabou nosso sonho hoje. É muito triste, mas a gente precisa ser forte. Embora a gente venha com a sequência grande de derrotas, a gente conseguiu encerrar nos 90 minutos. Todos estão de luto pela eliminação, mas a gente fez uma boa partida. Vamos mostrar quem é quem no elenco, tem homem para isso."

Futebol