Topo

Francês - 2019/2020


Neymar perde primeira em casa pelo PSG no Francês e volta a ser vaiado

Neymar lamenta durante partida entre PSG e Reims - Bertrand GUAY / AFP
Neymar lamenta durante partida entre PSG e Reims Imagem: Bertrand GUAY / AFP

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris (França)

25/09/2019 18h36

Sem empolgação e com atuação ruim, Neymar teve sua primeira derrota em casa pelo Paris Saint-Germain no Campeonato Francês. O Reims venceu por 2 a 0, no Parque dos Príncipes, e deixou o camisa 10 sem possibilidade de reconciliação com a torcida organizada do clube. Novamente, ele foi vaiado quando teve o nome anunciado na escalação e vivenciou a indiferença sem ser apoiado em nenhum momento da partida.

As vaias a Neymar só foram ouvidas no setor da torcida organizada no estádio. Ela optou por se calar durante o jogo a cada toque na bola do brasileiro, e também não exibiu nenhuma faixa provocativa ou ofensiva ao jogador que esteve envolvido em longa negociação com o Barcelona recentemente.

Em campo, Neymar teve sérias dificuldades de criar jogadas ofensivas muito por conta do desentrosado time do PSG. Da equipe titular, só o goleiro Keylor Navas e o lateral Bernat participaram do confronto desde o início.

Neymar buscava jogadas individuais sempre rodeado de dois ou mais jogadores do Reims ao seu redor. As atuações fracas dos atacantes Pablo Sarabia e Choupo Moting — substituído no fim do primeiro tempo, lesionado, por Di Maria —, o atrapalharam significativamente.

A atuação fraca do PSG ainda levou a torcida a perseguir outros jogadores na partida. O zagueiro de 18 anos, Mbe Soh, que atuava improvisado na lateral direita, e falhou no primeiro gol sofrido do time, foi muito vaiado. O lateral esquerdo, Kurzawa, foi outro que ouviu vaias da própria torcida.

Os Ultras, a torcida organizada do PSG, apoiou o time durante os 90 minutos. Mesmo com o apito final, eles não pararam com os gritos de apoio, mas sem referência específica a nenhum jogador. Ao término da partida, Neymar seguiu sozinho aos vestiários sem fazer algum gesto aos torcedores.

No Parque dos Princípes, Neymar tinha uma única derrota pelo PSG. Ela aconteceu em janeiro, com o triunfo de 2 a 1 do Guingamp, eliminando o time da casa pela Copa da Liga da França.

As outras derrotas marcantes do PSG, no Parque dos Princípes, na era Neymar, foram sem a presença do brasileiro. Em 2018, queda para o Real Madrid por 2 a 1, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. E na edição seguinte, na mesma fase, a derrota para o Manchester United por 3 a 1.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor