PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Icardi explica trocar Inter pelo PSG: "momento de ir a um clube vencedor"

divulgação/PSG
Imagem: divulgação/PSG

Do UOL, em São Paulo

23/09/2019 12h37

O argentino Mauro Icardi falou, pela primeira vez, sobre sua transferência para o PSG, da França, depois de sete anos na Inter de Milão, da Itália. Icardi também comentou sobre o clima no vestiário do clube francês, que estaria ruim junto a compatriotas por ele ter se casado com a ex-mulher de um jogador argentino.

Sobre a mudança de clube, Icardi disse que estava em seu sétimo ano e que tinha o sonho de jogar a Liga dos Campeões da Europa, "o que fiz na temporada passada, mas nunca ganhamos nada.". "Pensei que havia chegado o momento de ir a um clube vencedor, um em que seja desafiante, e ganhar título. É hora de começar a ganhar", disse ao Canal + Francia.

"A verdade é que o PSG é uma equipe cheia de campeões e isso é o que que queria", comentou.

A relação de Icardi com Wanda Nara, sua esposa, porém, seria um complicador para o relacionamento com outros argentinos no PSG. Nara foi casada com Máxi López, ex-jogador de Grêmio e Vasco, atual atleta do Crotone, da Itália. O relacionamento entre Icardi e Nara teria começado enquanto ela ainda era casada com López, com quem tem três filhos.

López é próximo de Lionel Messi, principal jogador da seleção argentina. A amizade entre os dois seria um fator para que Ángel Di María e Leandro Paredes ficassem distantes de Icardi, a fim de não ficar mal com Messi.

"Me dou conta de que é um tabu que ela tenha se casado com seu ex-companheiro de equipe, mas nós nos apaixonamos e você não escolhe por quem se apaixona", disse. "Estou com Wanda há sete anos. Ela é uma personalidade famosa e eu também. Assim que somos plenamente conscientes do que isso implica. Isso não muda a minha forma de pensar ou julgar. Do contrário, não haveria marcado 150 gols com a Inter."

Nara, além de sua esposa, é sua empresária. "É a melhor decisão para minha família e minha carreira. Não pensei duas vezes. Sou alguém que trata a homens e mulheres da mesma maneira. Tenho três filhos e duas filhas, mas os trato da mesma forma, dou a eles os mesmo presentes", disse.

Futebol