Topo

Brasileirão - 2019


Grandes não são rebaixados juntos há 17 anos; Flu e Cruzeiro estão no Z4

Lucas Faraldo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/09/2019 12h00

A primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro ainda não acabou, mas já é certo que Fluminense e Cruzeiro terminarão entre os quatro últimos colocados na classificação. Ultrapassados pelo CSA ontem (22), ambos flertam com a parte debaixo da tabela desde o início da competição, mas estarão pela primeira vez juntos na zona de rebaixamento ao término de uma rodada.

A única ocasião na história em que dois dos 12 clubes tradicionalmente considerados grandes foram rebaixados juntos no Brasileirão foi em 2002. Naquela edição do campeonato, Palmeiras e Botafogo terminaram em 24º e 26º lugares, respectivamente. O torneio tinha 26 clubes na época e, assim como atualmente, os quatro últimos caíam para a Série B.

Dois dos tais 12 clubes flertarem com o rebaixamento (mas não necessariamente caírem ao fim da temporada) não é fenômeno tão incomum a essa altura do campeonato, ainda que não aconteça há um bom tempo. Desde que passou a ser disputado em pontos corridos, o Brasileirão abriu seu returno com ao menos dois grandes no Z4 em cinco das 16 edições anteriores:

  • 2003: Flamengo e Grêmio
  • 2004: Botafogo e Flamengo
  • 2005: São Paulo e Atlético-MG
  • 2006: Botafogo e Corinthians
  • 2008: Vasco, Santos e Fluminense

Desses casos, apenas o Atlético-MG, em 2005, e o Vasco, em 2008, não conseguiram escapar da queda ao fim do campeonato. Tal histórico, claro, dá esperanças para os atuais times de Fluminense e Cruzeiro. Será necessário mudar de panorama, entretanto.

O namoro com a degola é uma constante para o Tricolor carioca desde o início do Brasileirão. Sua melhor colocação na atual edição do campeonato foi um 13º lugar ao término da terceira e da quinta rodada. Levando em conta a 20ª rodada, são oito no Z4.

O Cruzeiro passou a sofrer com tal luta a partir na nona rodada, quando pela primeira vez terminou uma delas entre os quatro últimos. Desde então, já são seis rodadas das 20 entre os virtuais rebaixados à Série B de 2020.

Restando ainda quase um turno inteiro pela frente, é claro que há muita bola para rolar. O Cruzeiro visita o Ceará na próxima quarta-feira para tentar deixar pra trás o revés de 2 a 1 em casa sofrido no último sábado para o Flamengo. O Fluminense, por sua vez, recebe o Santos na quinta após sofrer goleada de 3 a 0 para o Goiás, fora de casa, ontem.