Topo

Futebol


Grêmio vence com autoridade e derruba invencibilidade do Santos na Vila

Eder Traskini e Jeremias Wernek

Do UOL, em Santos e em Porto Alegre

21/09/2019 22h53

O Grêmio venceu o Santos na noite de hoje por 3 a 0, em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, e derrubou a invencibilidade do clube paulista na Vila Belmiro neste ano. O Peixe foi melhor no primeiro tempo, mas não conseguiu transformar a superioridade em gols. Na segunda etapa, Luan marcou logo no início para os gaúchos. Pepê e Everton fecharam o placar.

Com a vitória, o tricolor gaúcho chegou a 31 pontos e se aproximou do G-6 dos clubes que se classificam para a Copa Libertadores da América. Já o Peixe estacionou nos 37, viu o Flamengo abrir oito pontos na liderança e o São Paulo se aproximar com 35.

O próximo desafio do Santos é diante do Fluminense, na quinta-feira, às 20h, no Maracanã. Já o Grêmio recebe o Avaí, na Arena, também na quinta-feira, às 20h.

Quem foi bem: Kannemann e Paulo Victor

Zagueiro gremista ajudou a segurar a pressão do Santos na primeira etapa, quando o Peixe era melhor na partida. O goleiro garantiu que a partida fosse para o intervalo em 0 a 0 ao fazer boas defesas em chutes de longe com a bola molhada pela chuva que caia em Santos.

Quem decidiu: Luan e Everton

Luan, que não vinha fazendo um bom jogo, foi oportunista ao aproveitar rebote da barreira em cobrança de falta e marcou o terceiro gol dele no Campeonato Brasileiro. Justamente no jogo em que herdou vaga como titular. O gol fez o Santos se lançar desordenadamente ao ataque e possibilitou vários contra-ataques. Em um deles, Pepê recebeu de Everton e matou o jogo. Em outro, o próprio Everton fechou o marcador.

Quem decepcionou: Marinho e Soteldo

Os dois tiveram atuações distintas na Vila. Enquanto Marinho recebeu muito volume de jogo e não conseguiu transformar as bolas em chances concretas para o Peixe, o venezuelano foi bem menos acionado, mas não conseguiu obter o mesmo êxito que vinha tendo nas jogadas individuais.

O jogo do Santos: Peixe começa bem, mas não converte em gols

O Peixe começou em cima e conseguiu levar perigo ao gol de Paulo Victor logo nos primeiros minutos. O time optou por utilizar muito mais o lado direito para atacar, dando liberdade para Ferraz construir por dentro e abrindo Marinho ou Sánchez. No entanto, com Marinho bastante apagado, o Santos não conseguiu converter a superioridade em campo em gols. Na segunda etapa, o Peixe tomou o gol cedo e se perdeu completamente em campo. Concedendo muito espaço para o contra-ataque, sofreu o segundo e terceiro gols.

A atuação do Grêmio: Tricolor aguenta pressão e melhora no segundo tempo

O tricolor gaúcho não assustou o Santos na primeira etapa de jogo. Os gremistas tiveram que segurar o ímpeto santista, sobretudo no início do jogo, mas não conseguiram construir jogadas ou encaixar o contra-ataque. O técnico Renato Gaúcho arrumou a equipe no intervalo e o Grêmio voltou melhor. Encaixou um contra-ataque perigoso com Cebolinha logo no início, depois foi premiado com o oportunismo de Luan, que pegou bola que bateu na barreira após cobrança de falta. O Grêmio teve várias oportunidades em contra-ataque e, após perder algumas, matou o jogo com Pepê, aos 42. Ainda deu tempo de Everton ampliar aos 48.

Cronologia do jogo

O Santos dominou as ações do primeiro tempo, mas viu Paulo Victor fazer boas defesas, principalmente em chutes de fora da área. Na segunda etapa, o Grêmio voltou melhor e abriu o placar com Luan, em rebote de cobrança de falta, logo aos nove minutos. O Santos se lançou ao ataque e ofereceu o contra-atacante para os gaúchos, que perderam algumas chances antes de Pepê, aos 42 minutos da segunda etapa, matou o jogo. Everton, aos 48 minutos, ainda fez mais um.

Sampaoli recebe sexto amarelo no Brasileiro e é suspenso pela segunda vez

O técnico Jorge Sampaoli entrou na partida contra o Grêmio pendurado com dois cartões amarelos e não se aguentar na área técnica. O argentino levou a primeira bronca logo aos 5 minutos de jogo e, com 32 do primeiro tempo, recebeu o amarelo após reclamar de uma falta marcada em lance de Sánchez. O técnico foi suspenso pela segunda vez no torneio e não comanda o Santos contra o Fluminense na quinta-feira.

Santos aproveita espaço máster para promover escolinhas Meninos da Vila

Sem patrocinador máster, o Santos aproveitou o jogo contra o Grêmio para estampar a marca "Meninos da Vila" no espaço. O Peixe tem 55 franquias de escolinhas espalhadas pelo mundo. O clube monitora os atletas das escolinhas e traz os destaques para realizarem testes no clube.

FICHA TÉCNICA

Santos 0 x 3 Grêmio

Data: 21 de setembro de 2019 (sábado)
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Adriano Milczvski
Amarelos: Diego Tardelli e Michel; Jorge Sampaoli e Soteldo
Gols: Luan, aos 9 minutos do segundo tempo, Pepê, aos 42 do segundo tempo, e Everton, aos 48 do segundo tempo.

Santos: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe (Felipe Jonatan) e Jorge; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez (Lucas Venuto); Marinho (Uribe), Soteldo e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.

Grêmio: Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez (Juninho Capixaba); Michel, Matheus Henrique, Alisson, Luan (Pepê) e Everton; Tardelli (Thaciano). Técnico: Renato Gaúcho.

Mais Futebol