PUBLICIDADE
Topo

Jesus elogia jogadores do Flamengo e ironiza convocação da seleção

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/09/2019 19h29

Resumo da notícia

  • Jorge Jesus elogiou o desempenho do Flamengo diante do Cruzeiro no Mineirão
  • Com gols de Arrascaeta e Gabigol, a equipe aumentou a liderança no Brasileirão
  • Treinador lamentou os desfalques para as convocações com ironias
  • Jesus citou exemplos de argentinos que poupam atletas na convocação
Classificação e Jogos

Após a vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre Cruzeiro, o técnico Jorge Jesus elogiou o desempenho de sua equipe em Belo Horizonte, mas não deixou de lamentar as convocações de Gabigol e Rodrigo Caio (além de Arrascaeta), que foram chamados para amistosos contra Senegal e Nigéria, em Cingapura.

Em tom irônico, o português disse não entender a postura do técnico Tite, que chamou dois rubro-negros importantes e que desfalcarão a equipe em até três partidas.

"Não entendi muito bem. Tinham dito que ia apenas um por equipe. Na Argentina, o técnico teve o cuidado de não levar do Boca e River. Aqui é mais importante jogar com Senegal e Nigéria. Quem paga os jogadores são os clubes. Os clubes têm que tomar uma posição", disse.

Sobre a performance rubro-negra, o português disse que os jogadores estão se adaptando com muita facilidade ao estilo proposto:

"Mudo o time com muita facilidade, parece que estamos juntos há três anos. Vitória que não deixa dúvidas. Poderia ser mais fácil se não tivessem marcado um pênalti como esse. Na dúvida é contra o Flamengo. Não quero favorecimento, mas não quero ser prejudicado".

Com a vitória sobre o rival, o Fla abriu seis pontos para o Palmeiras, que encara amanhã o Fortaleza. Na próxima quarta-feira, os rubro-negros recebem a visita do Internacional , 21h30, no Maracanã. No mesmo dia, os cruzeirenses encaram o Ceará, 19h30, no Castelão.

Flamengo