Topo

Futebol


Caso Neymar: Najila é denunciada pelo Ministério Público de SP

Neymar e Najila marcaram um encontro em Paris e, depois disto, a modelo acusou o jogador de estupro - Reuters - Reprodução / Montagem UOL
Neymar e Najila marcaram um encontro em Paris e, depois disto, a modelo acusou o jogador de estupro Imagem: Reuters - Reprodução / Montagem UOL

do UOL, em São Paulo

18/09/2019 08h13

Najila Trindade, que se envolveu em polêmica após acusar Neymar de estupro, entrou na mira do Ministério Público do Estado de São Paulo. A modelo foi denunciada pelos crimes de denunciação caluniosa e extorsão.

A decisão do MP, segundo a jornalista Monica Bergamo, veio após a conclusão de dois inquéritos que estavam na alçada do 11° DP (Santo Amaro) e são desdobramentos do caso já apurado e encerrado na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher. Caso a Justiça receba a denúncia, Najila vai passar a ser ré.

O advogado da loira disse à jornalista que só poderia comentar o fato após ler uma cópia da denúncia, mas ressaltou: "Para nós será bom para estarmos perto de um juiz. Têm muitas coisas para esclarecer que vocês vão saber na hora certa".

Na semana passada, ela foi indiciada pela Polícia Civil de São Paulo. Além de Najila, Estivens Alves, ex-marido da modelo, também foi indiciado. No caso dele, os crimes seriam fraude processual e por divulgar material com conteúdo erótico da loira.

O caso de estupro envolvendo o atacante Neymar foi arquivado em 8 de agosto, pela juíza Ana Paula Gomes Galvão Vieira de Moraes, da Vara da Região Sul 2 de Violência Doméstica Familiar. Ela acatou um pedido do Ministério Público de São Paulo.

Durante entrevista coletiva na época, a promotora Flávia Merlini afirmou que os laudos do Instituto Médico Legal (IML) não constataram nenhum sinal de violência em Najila. O único presente seria uma lesão no dedo, ocorrida no dia seguinte ao suposto estupro, quando a modelo brigou com Neymar no quarto do hotel.

Mais Futebol