Topo

Futebol


Notícias do Corinthians: 200 jogos de Gil, Andrés bravo, processo e Caixa

Gil, zagueiro do Corinthians, durante partida do Campeonato Brasileiro deste ano - Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Gil, zagueiro do Corinthians, durante partida do Campeonato Brasileiro deste ano Imagem: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Dp UOL, em São Paulo (SP)

17/09/2019 18h42

O Corinthians realizou treino fechado hoje, no CT Joaquim Grava, visando o duelo contra o Independiente del Valle, amanhã, às 21h30 (de Brasília), em Itaquera, pelo jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira, o clube paulista viu Andrés Sanchez rebatendo oposição, processo por estátua de Sócrates, reaproximação com a Caixa Econômica Federal, Gil completando 200 jogos, entre outras notícias.

Confira o que publicou o UOL Esporte nesta terça-feira (17):

Corinthians é processado em R$ 300 mil por autor da estátua de Sócrates

O Corinthians está sendo processado pelo artista responsável por esculpir a estátua de Sócrates exibida na Arena Corinthians. Laercio Alves da Silva, que segundo o documento cedeu a peça em 2016 para o clube exibir no memorial do Parque São Jorge, cobra R$ 300 mil de direitos autorais e a devolução da obra. O UOL Esporte teve acesso ao requerimento registrado na 5ª Vara Cível, em São Vicente, litoral de São Paulo.

O presidente Andrés Sanchez rebateu o grupo de oposição "Movimento

Corinthians Grande", que acusou o mandatário de mentiroso em relação aos acordos com a Caixa Econômica Federal e até Odebrecht. Em nota enviada ao UOL Esporte, Andrés especificou a veracidade dos contratos e, inclusive, tratou como excelente o acordo com a construtora, já que a dívida reduziu de mais de R$ 1 bilhão para R$ 160 milhões.

Gil completará 200 jogos no Corinthians e diz que fica para alcançar Cássio

O zagueiro Gil completará 200 jogos com a camisa do Corinthians no duelo contra o Independiente del Valle, do Equador, amanhã (18), às 21h30 (de Brasília), em Itaquera, pelo jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana.

Por que Carille "nunca" escala dois centroavantes no Corinthians

O Corinthians possui três centroavantes no elenco e que não deixam a desejar na temporada até o momento. Juntos eles marcaram 25 gols. Somente em jogos oficiais, Love e Gustagol marcaram dez cada um, enquanto Boselli fez cinco. No entanto, o técnico Fábio Carille nunca escalou um ataque com pelo menos dois deles dentro da área, lembrando o glorioso ataque tetracampeão da seleção brasileira, formado por Bebeto e Romário em 1994.

DAZN transmitirá Libertadores feminina, que terá Corinthians em busca do bi

Em menos de um mês, Corinthians e Ferroviária - que também são finalistas do Campeonato Brasileiro - embarcarão para Quito, no Equador, para disputar a Libertadores feminina. A competição começa no dia 11 de outubro, vai até dia 27 e será transmitida pelo DAZN no Brasil.

Corinthians e Caixa se reaproximam por acordo. Juiz defere pedido do banco

Corinthians e Caixa Econômica Federal iniciaram uma reaproximação com o objetivo de tentarem acordo para a retirada da ação de execução na Justiça na qual o banco cobra dívida de R$ 536.092.853,27 da Arena Itaquera S/A. Conforme apurou o blog, as duas diretorias mantiveram contato por telefone e decidiram agendar uma reunião para negociar.

Caixa aponta que Arena Itaquera S/A deixou de pagar R$ 33,78 mi em 2019

De acordo com planilha apresentada pela Caixa na ação em que executa dívida da Arena Itaquera S/A, a empresa, vinculada a Corinthians e Odebrecht por meio de um fundo de investimentos, deixou de pagar R$ 33.786.494,81 em seis prestações entre março e agosto de 2019. A informação foi publicada primeiro pelo "Blog do Paulinho" e confirmada por este blogueiro por meio de documentos que fazem parte do processo.

Conselho do Corinthians marca reunião sobre Caixa e Odebrecht

Antônio Goulart dos Reis, presidente do Conselho Deliberativo do Corinthians, marcou para o próximo dia 30 reunião do órgão com o objetivo de discutir dois assuntos que dominam o clube neste momento. Um é a execução promovida pela Caixa Econômica para antecipar o pagamento da dívida integral, incluindo multa, referente ao financiamento feito por ela junto ao BNDES para bancar parte dos gastos com a construção da arena alvinegra. O outro tema é o acordo fechado com a Odebrecht, que construiu o estádio.

Mais Futebol