Topo

Após 1º turno, Gatito mira Botafogo na Libertadores: "Estamos bem perto"

Gatito projeta segundo turno animador e quer Botafogo lutando pela Libertadores - Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Gatito projeta segundo turno animador e quer Botafogo lutando pela Libertadores Imagem: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/09/2019 17h17

O Botafogo está a cinco pontos do São Paulo, próximo adversário no Campeonato Brasileiro. Em caso de vitória, o Alvinegro entra de vez na briga por uma das seis posições que garantem vaga na Libertadores 2020. Para Gatito Fernández, no entanto, esse sentimento já é uma realidade.

Segundo o goleiro, o Botafogo está bem perto da zona de classificação para a competição internacional. E algumas situações deixam o paraguaio ainda mais otimista após o fim do primeiro turno. O Alvinegro acumulou alguns tropeços, o que deixaria sua pontuação ainda mais alta.

Além disso, a zona de classificação poderá aumentar caso Internacional ou Flamengo sejam campeões da Copa do Brasil ou Libertadores, respectivamente. Nestes casos, até mesmo o oitavo colocado poderia se classificar para a competição internacional.

"Estamos indo mais longe do que o nosso torcedor esperava, mas confiamos bastante no nosso trabalho, temos um grupo forte e fico feliz pelo que fizemos no primeiro turno. Sabemos também que poderíamos ter feito um pouquinho mais e agora é começar com o pé direito que esse returno será importante para nós", disse Gatito.

"Nosso objetivo é chegar na Libertadores assim como em 2016, estamos bem perto e temos um confronto direto com o São Paulo. Podemos nos aproximar e ficar mais no topo da tabela. Começar bem no returno será muito importante para trazer ainda mais confiança. A gente vem de dois jogos sem perder e uma vitória seria importante", completou o goleiro.

Após o empate com o Ceará, o Botafogo chegou aos 27 pontos e se manteve na 10ª posição do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro está a cinco do São Paulo, em sexto, e a nova do Cruzeiro, primeiro time na zona da degola. O time volta a campo no sábado, às 11h (horário de Brasília), quando receberá o próprio Tricolor, no Nilton Santos.