Topo

Santos registra melhor 1º turno no Brasileirão e tenta "fazer bicho pegar"

Victor Ferraz, durante confronto entre Santos e Grêmio, pela primeira rodada do Brasileirão - Ivan Storti/Santos FC
Victor Ferraz, durante confronto entre Santos e Grêmio, pela primeira rodada do Brasileirão Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Lucas Faraldo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/09/2019 04h00

"Quem sabe não possamos pegar o Flamengo lá no fim em condição de título? E aí na Vila o bicho pega". A fala do capitão Victor Ferraz após a derrota do Santos para o Rubro-Negro, sábado (14), pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, ilustra bem a projeção alvinegra para a segunda metade do torneio. Bater de frente com a equipe hoje considerada sensação nacional não é o maior obstáculo do Peixe para o returno. O grande desafio é retomar a regularidade e a consequente confiança que chegaram a dar a liderança ao time da Baixada Santista.

Rotulada como final simbólica do primeiro turno, a partida contra o Flamengo teve saldo positivo para o Santos na opinião do técnico Jorge Sampaoli. O entendimento foi de um embate equilibrado entre o líder e o então vice-líder do Brasileirão. Na condição de visitante contra o Flamengo, por exemplo, o Palmeiras, que ultrapassou o Peixe na classificação ainda na noite de sábado, acabou perdendo por 3 a 0 no jogo que marcou a queda de Felipão.

"Foi um grande jogo. Eles jogaram muito bem, estão confiantes, ritmo de jogo forte. Viemos com proposta de atacar também, nas oportunidades que tivemos tentamos chegar. Eles não tiveram muitas chances claras. Jogo parelho", resumiu Victor Ferraz.

A confiança do Flamengo citada pelo lateral santista não é mero detalhe. Nas últimas seis partidas, o Peixe ganhou apenas uma, sobre a vice-lanterna Chapecoense. No mesmo período, os cariocas venceram seus seis jogos e assim tomaram do próprio Santos a liderança do Brasileirão.

A retomada da regularidade se faz necessária no Peixe. Afinal, mesmo com os péssimos resultados recentes, o time conseguiu concluir o primeiro turno com sua melhor campanha na história do Brasileirão de pontos corridos: 37 pontos e aproveitamento de 67%. Na ocasião em que assumiram a ponta da tabela, os comandados de Sampaoli engataram sete triunfos consecutivos.

Satisfeito com a forma de jogar, já que o próprio Sampaoli destacou a manutenção de seu estilo de jogo na derrota para o Flamengo, o Peixe precisa voltar a engatar uma sequência de vitórias. E a primeira oportunidade será no sábado, contra o Grêmio, na Vila Belmiro. Para "o bicho seguir pegando", seria bom já começar a pegar neste próximo duelo.

"Queríamos ganhar [do Flamengo]. Precisamos melhorar e vamos melhorar. Fizemos um bom primeiro turno, gostaríamos de terminar em primeiro. Deixamos alguns pontos quase ganhos para trás, mas o torcedor pode ter confiança que faremos um bom segundo turno", projetou Ferraz.

Mais Santos