Topo

Com 'Vitória a mais', Roger se diz preocupado com gramado da Fonte Nova

Felipe Oliveira/EC Bahia
Imagem: Felipe Oliveira/EC Bahia

Do UOL, em Santos (SP)

13/09/2019 10h11

Resumo da notícia

  • Roger Machado está preocupado com a situação do gramado da Arena Fonte Nova
  • Maior preocupação do técnico está ligada ao acordo do Vitória com a concessionária
  • Assim como o Bahia, Vitória também passará a mandar os jogos na Fonte Nova
  • Fim de semana já receberá jogos do Bahia e do Vitória, domingo e sábado, respectivamente

O acordo do Vitória com a Arena Fonte Nova deixou o Bahia preocupado com a situação do gramado do estádio, que, além dos eventos e shows já programados, ainda passará a receber, a partir deste fim de semana, os jogos da Série B do time rubro-negro.

O Vitória retorna à Fonte Nova já neste sábado (14), em partida contra o Guarani, às 16h30 (de Brasília), pela 22ª rodada da competição nacional. A Arena já volta a ser utilizada um dia depois, domingo (15), para o duelo entre Bahia e Fortaleza, às 16h, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva concedida ontem (12), o técnico Roger Machado não escondeu a preocupação que tem com o gramado diante do novo acordo entre Vitória e concessionária.

"Nossa preocupação é grande em função disso. Até porque, se tem dois jogos seguidos, com as atividades que se tem na arena, shows e outros compromissos... O gramado já não vinha bem. Nossa preocupação hoje é com o gramado que teremos a partir de agora. A partir da próxima semana, serão dois jogos nossos por semana, mais todos os eventos envolvidos na Arena", disse.

Roger Machado reforçou que o gramado da Fonte Nova já não vinha em grandes condições, e até citou reclamações de seleções ao longo da última Copa América, disputada em solo brasileiro.

"O gramado já não esteve nas melhores condições para a prática do jogo. Não é uma reclamação nossa de agora. Durante a Copa América, vimos muitos atletas reclamarem dos gramados da maioria dos estádios do Brasil. Temos que pensar um pouco mais nos gramados para ter uma melhora na qualidade do jogo", acrescentou o treinador tricolor.