Topo

Procon diz que rede do Allianz impede visão; Palmeiras terá de dar desconto

Visão prejudicada da torcida visitante no Allianz Parque, em jogo entre Palmeiras e Bahia - André Lessa/Arquivo pessoal
Visão prejudicada da torcida visitante no Allianz Parque, em jogo entre Palmeiras e Bahia Imagem: André Lessa/Arquivo pessoal

Do UOL, em São Paulo

11/09/2019 17h40

O Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) divulgou nota, hoje, afirmando que a rede de proteção da torcida visitante no Allianz Parque "atrapalha e impede parcialmente a visualização do gramado". Representantes do órgão foram ontem ao estádio e acompanharam a partida entre Palmeiras e Fluminense com os torcedores do clube carioca.

"Em reunião com o representante do Palmeiras, também na noite de ontem, ficou acertado que a rede será substituída por outra de material mais adequado. Além disso, o clube está promovendo um desconto de R$ 20,00 para quem comprar ingressos no referido setor", diz Procon, que ainda afirmou que "vários torcedores reclamaram" da visão de jogo.

Por fim, o órgão afirmou que seguirá acompanhando a situação e cobrará do Palmeiras a colocação de rede com material que não atrapalhe, ainda que parcialmente, a visão do gramado.

"Na impossibilidade dessa opção, será solicitado a promoção de um desconto maior, que de fato compense financeiramente o desconforto causado", finalizou o Procon.

A rede é uma exigência da Polícia Militar, que defende a presença de uma "barreira física" no setor de visitantes para evitar que objetos sejam arremessados no campo ou no andar inferior da arquibancada. Torcedores, porém, reclamam que o objeto prejudica a visibilidade do campo.

O Palmeiras enviou comunicado afirmando que irá estudar as opções para se adequar às questões de segurança: "O Palmeiras tem total interesse em resolver essa situação. Avaliaremos as colocações do Procon e seguiremos estudando alternativas para atender às exigências de segurança dos órgãos competentes. Além do valor inferior cobrado, damos ciência aos torcedores visitantes da existência da rede antes de ele realizar a compra, podendo assim ele optar por não adquirir o ingresso."