Topo

Chape diz que Lisca não quer 'compromisso neste ano' e encerra negociação

Lisca, técnico do Ceará - Pedro Vale/AGIF
Lisca, técnico do Ceará Imagem: Pedro Vale/AGIF

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

11/09/2019 11h48

A Chapecoense divulgou na manhã de hoje (11) que não chegou a um acordo com o técnico Lisca e encerrou a negociação. Segundo o clube de Chapecó, o treinador justificou que tem o desejo de iniciar um trabalho desde o princípio e não tem a intenção de assumir nenhum compromisso neste restante de ano.

De acordo com a assessoria do treinador, a decisão de não querer assumir o trabalho em andamento é exclusiva à Chapecoense, 'por respeito ao clube e torcida e não querer gastar uma oportunidade por lá com um trabalho já iniciado'.

Ontem (10), a Chape enviou representantes a Porto Alegre para se reunir com Lisca Doido e apresentar uma oferta para a vaga de Emerson Cris, ainda considerado interino do clube.

Lisca está sem clube desde abril deste ano, quando foi demitido do Ceará após perder a decisão do Estadual para o Fortaleza.

A Chapecoense está com o interino Emerson Cris no comando desde o fim de julho, quando Ney Franco foi demitido do cargo. O time de Chapecó vem de duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, a última delas para o CSA, e hoje ocupa a vice-lanterna da tabela, com apenas 14 pontos em 18 rodadas.

A Chape volta aos gramados no sábado (14), quando recebe o Vasco na Arena Condá, às 19h, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Veja a nota da Chape:

A Chapecoense informa que a negociação com o treinador Lisca está encerrada. O treinador, através de seus empresários, justificou que tem o desejo de iniciar um trabalho desde o princípio e não tem a intenção de assumir nenhum compromisso neste restante de ano.