Topo

Torcida do Cruzeiro espalha faixas por BH contra a diretoria e conselheiros

Novas faixas contra a diretoria foram espalhadas próximas à sede do clube, no Barro Preto, e na região da Pampulha - Reprodução/Internet
Novas faixas contra a diretoria foram espalhadas próximas à sede do clube, no Barro Preto, e na região da Pampulha Imagem: Reprodução/Internet

Do UOL, em Belo Horizonte

10/09/2019 11h30

Um dia após a principal organizada do Cruzeiro protestar na sede do clube e também em frente ao condomínio de Itair Machado, novas faixas foram espalhadas por Belo Horizonte desde a manhã de hoje. Além de Itair, que voltou a exercer o cargo de vice-presidente de futebol, o presidente Wagner Pires de Sá e o diretor-geral, Sérgio Nonato, também foram os alvos da torcida.

Algumas faixas pediam a saída do trio de dirigentes do Cruzeiro. Outros criticavam os conselheiros com os dizeres "Acorda, conselho omisso". Em comum, todas elas levavam a frase "Avante Cruzeiro". Nenhum grupo assumiu a autoria da manifestação até o momento.

A paciência do torcedor celeste com o time e a atual diretoria se esgotou principalmente após a derrota por 4 a 1 para o Grêmio. Após a goleada em Belo Horizonte, Rogério Ceni concedeu uma entrevista sincera e com fortes declarações sobre a situação delicada do clube. Marcelo Djian, diretor de futebol, também reconheceu que a diretoria ainda não pagou os salários referentes aos meses de julho e agosto. Além disso, o vestiário anda bastante conturbado, com declarações públicas de jogadores como Edilson e Thiago Neves sobre as escolhas do novo comandante.