Topo

Futebol


Inter controla ansiedade antes de final com papo, remédio e veteranos

D"Alessandro é um dos remanescentes da última grande final vivida pelo Inter: Libertadores 2010 - Ricardo Duarte/Inter
D'Alessandro é um dos remanescentes da última grande final vivida pelo Inter: Libertadores 2010 Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Do UOL, em Porto Alegre

09/09/2019 04h00

O Internacional se prepara para a final da Copa do Brasil, contra o Athletico, de forma diferente. De volta à decisão de um título de expressão após quase nove anos, o clube gaúcho convive com uma ansiedade coletiva no dia a dia. A saída para controlar o sentimento é buscar apoio nas conversas, nos jogadores experientes do elenco e brincar com o uso de remédios.

Athletico e Inter abrem a final da Copa do Brasil na quarta-feira (11), em Curitiba. O segundo jogo da decisão ocorre em Porto Alegre, dia 18. "A ansiedade é grande, ainda mais por ser final", resumiu Nico López à Rádio Gaúcha.

O uruguaio é um símbolo do elenco atual. Contratado em 2016, ele nunca esteve em uma final como a que se avizinha vestindo vermelho e branco. A diretoria também vive dias inéditos. "(Como controlar ansiedade pela final) Com Rivotril (risos) A verdade é a seguinte, ninguém chega no clube sendo presidente. A presidência é um exercício diário de comprometimento, dedicação. A gente já está um pouco mais preparado para enfrentar dificuldades e os momentos como estamos vivendo", contou Marcelo Medeiros, presidente do Inter.

Odair Hellmann, ex-auxiliar técnico de Dunga, Abel Braga, Diego Aguirre, Argel Fucks, Paulo Roberto Falcão, Celso Roth, Lisca, Antonio Carlos Zago e Guto Ferreira também brincou. "Muito remédio para dor de cabeça e remédio para dormir? Aí se tem bastante leveza", comentou. "Eu não podia ter essa oportunidade como um fardo, algo que traz mau estar. Foi uma honra receber a oportunidade, é um prazer e assim preciso levar. Com responsabilidade, profissionalismo. Mas também com melhores decisões ao estar leve. O cara pressionado tem muito mais dificuldade. A gente vai e precisa usar todas essas situações que tem no grupo para conseguir o título", completou ao já fazer um tratado sobre como espera encontrar o elenco.

O Internacional desembarca em Curitiba hoje (9) à noite e realiza treino de adaptação ao gramado sintético da Arena da Baixada na terça-feira. A visita ao estádio também vai ajudar a controlar a ansiedade do elenco.

Mais Futebol