Topo

Seleção Brasileira


Jogo da seleção em Miami vai ajudar vítimas de furacão nas Bahamas

Pessoas recolhem itens de um navio encalhado após a passagem do furacão Dorian pelas Carolinas - Brendan Smialowski/AFP
Pessoas recolhem itens de um navio encalhado após a passagem do furacão Dorian pelas Carolinas Imagem: Brendan Smialowski/AFP

Bruno Grossi

Do UOL, em Miami (EUA)

06/09/2019 10h20

O amistoso entre Brasil e Colômbia, marcado para as 21h30 (de Brasília) de hoje, fará parte de uma ação em solidariedade às vitimas do furacão Dorian, que devastou as Bahamas nesta semana. Doações serão arrecadadas no Hard Rock Stadium nesta noite, em coleta organizada pelo Miami Dolphins, time de futebol americano que joga no estádio do amistoso.

A campanha foi anunciada ontem nas redes sociais dos Dolphins. Serão montados seis pontos de coleta de doações e os itens indicados são lanternas, baterias, fraldas, lenços umedecidos e "produtos de higiene feminina".

A campanha vai durar, a princípio, até o dia 15 deste mês. Mais dois jogos farão parte da arrecadação no Hard Rock Stadium, ambos pelas rodadas iniciais da nova temporada da NFL: nos dois próximos domingo, contra Baltimore Ravens e New England Patriots.

O furacão Dorian começou a ameaçar a costa leste dos Estados Unidos na semana passada. Havia um grande temor por uma passagem catastrófica pelo estado da Flórida, inclusive na cidade de Miami - até por isso a seleção quase mudou a semana de treinos para Washington.

No fim das contas, o furacão teve a rota prevista modificada, mas ganhou força e acabou passando mais tempo do que o esperado na região das Bahamas, um conjunto de ilhas próximo ao litoral americano. O efeito foi devastador e equipes de resgate trabalham por lá sem parar. Agora, já na categoria 2 - ficou como 4 na maior parte do tempo -, o Dorian passa pelos estados da Carolina do Sul e da Carolina do Norte.

Mais Seleção Brasileira