Topo

Seleção Brasileira


Funk x reggaeton: o esquenta de Brasil e Colômbia no estádio em Miami

Brasileiros e colombianos dividem esquenta para amistoso em Miami - UOL
Brasileiros e colombianos dividem esquenta para amistoso em Miami Imagem: UOL

Bruno Grossi

Do UOL, em Miami (EUA)

06/09/2019 20h16

Os arredores do Hard Rock Stadium, no bairro de Miami Gardens, foram tomados por camisas amarelas no fim da tarde de hoje (6). Uma invasão amistosa de brasileiros e colombianos prontos para ver o embate entre suas seleções. Mas antes de Neymar e Mina duelarem em campo, nos estacionamentos do estádio o que se viu foi uma batalha de ritmos.

Entre carros, tendas, churrasqueiras e coolers, distinguir que música estava tocando era uma tarefa quase impossível. Um acorde de funk brasileiro se dissipava em instantes com a batida do reggaeton colombiano. Grupos de torcedores acompanhavam as músicas um tanto quanto desafinados, enquanto a maioria apenas dançava - de preferência na sombra, para fugir do calor de 35 graus em Miami.

Esse tipo de ritual é comum em jogos de futebol americano e foi replicado pelos latinos fanáticos pelo "soccer" presentes hoje na casa do Miami Dolphins, que disputa a NFL. As filas de carros se formaram mais de três horas antes do início do jogo e os torcedores só foram encher as arquibancadas já perto das 21h30 (de Brasília). Comida, bebida e diversão eram prioridade.

Os ingressos para o amistoso da seleção brasileira contra a Colômbia custavam entre 37 dólares (quase R$ 155) e 2,5 mil dólares (mais de R$ 10 mil). E, visualmente, os colombianos compraram a maioria das entradas. O jogo também marca uma ação social promovida pelo Miami Dolphins para arrecadar doações para as vítimas do furacão Dorian nas Bahamas.

Mais Seleção Brasileira