Topo

Atlético-MG valoriza e quer Cleiton como 2º goleiro mais bem pago do elenco

Cleiton, goleiro do Atlético-MG, é valorizado pela diretoria e deve renovar contrato - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Cleiton, goleiro do Atlético-MG, é valorizado pela diretoria e deve renovar contrato Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

06/09/2019 04h00

O Atlético-MG se reuniu com o goleiro Cleiton e seu agente na última semana a fim de refazer o contrato de trabalho do atleta. A ideia é ampliar o salário do jogador de 22 anos e aumentar também o tempo do vínculo, que se encerra em dezembro de 2022.

O UOL apurou que a intenção do departamento de futebol é que o jogador tenha o segundo maior salário dentre os goleiros do elenco, abaixo somente do ídolo Victor - hoje, ele está atrás também de Wilson, que recém chegou ao Galo e tem contrato de empréstimo até dezembro de 2019.

Antes mesmo de o atleta receber uma convocação e até de a cúpula buscar Wilson por empréstimo no Coritiba, Rui Costa e seus pares já tratavam do assunto, mesmo que não confirmem publicamente.

O bom futebol apresentado pelo atleta durante a lesão de Victor, que se recupera de uma tendinite no joelho direito, agradou ao departamento de futebol, o que inclui comissão técnica e diretoria.

O Galo trata Cleiton como uma das principais joias vindas das divisões de base e adota a ideia de valorizá-lo frente ao grupo. Comissão técnica e diretoria o veem em condições de seguir por anos à frente do gol atleticano. Eles também se resguardam por conta do assédio do futebol estrangeiro. O atleta se tornou peça-chave na seleção brasileira sub-23 e se tornou alvo de clubes do exterior.

"O Cleiton está sendo convocado e tudo indica que estas convocações serão uma regra. A convocação o valoriza e o nosso trabalho. É um ativo do clube", declarou o diretor de futebol Rui Costa, em entrevista coletiva concedida na última terça-feira (3).

Cleiton não será o único

A diretoria do Atlético não traça planos somente para o jovem Cleiton. Uilson, que só retornará aos gramados a partir de 2020, também foi procurado para conversar. A ideia é uma extensão de 18 meses do atual contrato do atleta. No entanto, o seu estafe apresentou uma contraproposta a fim de mudar a situação. Ainda não houve um desfecho em relação ao assunto.

Os jovens Michael e Fernando ainda não foram procurados, mas ambos estão nos planos de Rodrigo Santana e serão procurados pelo diretor de futebol Rui Costa para conversar sobre o assunto. O Galo quer que a dupla siga em Belo Horizonte por muitas temporadas ainda.