Topo

Futebol


Cruzeiro oficializa atacante ex-Botafogo como primeiro reforço da era Ceni

Atacante já vem treinando com o grupo na Toca da Raposa desde a última segunda-feira - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Atacante já vem treinando com o grupo na Toca da Raposa desde a última segunda-feira Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

05/09/2019 12h54

O atacante Ezequiel Santos da Silva está oficializado como novo reforço do Cruzeiro. Aos 21 anos, o jogador pertence ao Botafogo, mas estava emprestado ao Sport antes de ser negociado com o Cruzeiro, também por empréstimo, até o final do ano. Ezequiel é o primeiro reforço da era Rogério Ceni e será apresentado na tarde de amanhã, data da reapresentação do grupo após a eliminação celeste para o Internacional, na Copa do Brasil. Pedido pelo próprio comandante, ele chega como opção de velocidade pelos lados do campo, característica fundamental no estilo ofensivo do novo técnico.

"O projeto me motivou a vir. O Ceni já me queria desde a época em que era técnico do Fortaleza. Meus empresários acharam que era uma boa, mas acabou não acontecendo. E agora apareceu a oportunidade de vir para o Cruzeiro, também com o Rogério, um clube enorme, de tradição, multicampeão", disse o jogador.

Ezequiel chegou a Belo Horizonte na última sexta-feira e seguiu direto rumo à Toca da Raposa para iniciar os exames médicos. No treinamento da última segunda-feira, o jogador recebeu a autorização do Botafogo para participar da atividade com os novos companheiros enquanto a diretoria acertava os últimos detalhes da transferência. Após o período de empréstimo, o Cruzeiro terá a opção de comprá-lo em definitivo. Para fazer isso, terá de pagar R$ 11,5 milhões ao Botafogo.

O atacante foi revelado pelo Botafogo e subiu para o elenco principal do clube carioca em 2017. Na época, o time era comandado por Jair Ventura, responsável por dar as primeiras oportunidades. Por coincidência, Ezequiel marcou seu primeiro e único gol como profissional do Botafogo contra o Cruzeiro, em dezembro daquele ano. Após a saída de Jair Ventura, na temporada seguinte, passou a ter cada vez menos oportunidades até ser emprestado para o Sport.

Pelo clube pernambucano, Ezequiel viveu altos e baixos. Com 30 jogos realizados pelo Leão, o atacante deixou a equipe como segundo jogador que mais atuou na temporada. Autor de quatro gols no ano, ele caiu um pouco de produção na disputa da Série B, mas foi o principal destaque da equipe durante o título pernambucano, sendo eleito craque do estadual. No Cruzeiro, terá Pedro Rocha, David e Marquinhos Gabriel como concorrentes na briga por posição.

Mais Futebol