Topo

Seleção Brasileira


Vinícius Jr. sonha com Copa e escolhe música para trote da seleção

Vinícius Júnior, atacante do Real Madrid, durante entrevista coletiva da seleção brasileira - Lucas Figueiredo/CBF
Vinícius Júnior, atacante do Real Madrid, durante entrevista coletiva da seleção brasileira Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Bruno Grossi

Do UOL, em Miami (EUA)

03/09/2019 15h07

Vinícis Júnior não esconde de ninguém que está empolgado com a primeira chance de defender a seleção brasileira. O atacante sorri sem parar, mostra confiança ao lembrar que, com 19 anos, já conseguiu ser titular do Real Madrid. Há espaço até para planos ousados, como ser protagonista na Copa do Mundo de 2022. Mas quando o assunto é o trote na seleção, o garoto fica completamente envergonhado.

"Preparado não estou, não. Mas está chegando a hora, né? Acho que vai ser hoje (3) à noite", brincou o atacante revelado pelo Flamengo, que contou até qual será seu repertório durante a brincadeira que costuma ser feita com os novatos da seleção. Por livre e espontânea obrigação, Vini vai cantar "Atrasadinha", música que já cantou em redes sociais e acabou viralizando na internet pela falta de afinação.

"Tem que ser 'Atrasadinha' mesmo, o pessoal não deixa ser outra. Não canto agora porque preciso preparar a voz para mais tarde. Já preparei até discurso, tem muita coisa", gargalhou.

Na hora de falar sério, Vinícius não hesita em contar como cresceu desde que chegou ao Real Madrid. Logo na primeira temporada, ganhou espaço para ser titular e se tornou xodó da torcida. Agora, espera que essa evolução tenha sequência na seleção brasileira e sabe quais caminhos deve seguir para isso.

"Chegar cedo à seleção bom porque você escuta desde cedo, fica maduro mais cedo, com mais experiência. Fico feliz de estar aqui tão novo, com grandes jogadores, alguns dez anos mais velhos do que eu, para aprender. Nem nos meus melhores sonhos imaginava, com 19 anos, estar na seleção principal e no Real. Chego para evoluir, trabalhar e desfrutar ao máximo esses dez dias aqui. Sem dúvida nenhuma (já sonha com a Copa de 2022). Vou ter evoluído ainda mais, principalmente com os grandes jogadores da seleção", projetou.

Mais Seleção Brasileira