PUBLICIDADE
Topo

Permanência de Neymar no PSG foi boa (ou ruim) para quem? Blogueiros opinam

Aurelien Meunier - PSG/PSG via Getty Images
Imagem: Aurelien Meunier - PSG/PSG via Getty Images

Do UOL, em Santos (SP)

03/09/2019 15h26

A janela de transferência de Espanha e França se fechou na noite de segunda-feira (2) e frustrou o desejo de Neymar de retornar ao Barcelona. Com isso, o jogador continuará no Paris Saint-Germain pelo menos até janeiro, quando o mercado dos dois países será reaberto.

A permanência de Neymar no PSG é boa para quem? Para o jogador? Para o clube? Para ambos? Ou tanto Neymar quanto PSG se deram mal? Veja o que pensam os blogueiros do UOL Esporte:

ANDREI KAMPFF

Boa para os dois. Boa para Neymar, que terá que fazer uma reflexão necessária - tomara e até que enfim - sobre a gestão da carreira. Um "não" é sempre um aprendizado, e ele perdeu essa batalha para o Sheik. Boa para o PSG, que deu as cartas e controlou o negócio. Não se permitiu ser refém dos caprichos de jogador. E deu um recado que é importante para o esporte: contratos são feitos para serem cumpridos. Não quer cumprir, arque com os custos de uma rescisão unilateral.

Leia o blog Lei em Campo.

ANDRÉ ROCHA

Boa para os dois, até porque há um contrato em vigor até maio de 2022.

Leia o blog do André Rocha.

BOLÍVIA

PSG: contratou um jogador que tem o pai ambicioso e que mima o filho como seu manager. Deu no que deu.

Neymar: bem feito. Foi ele mesmo quem criou tudo isso.

Leia o blog do Bolívia.

JUCA KFOURI

Ruim para os dois.

Leia o blog do Juca.

MARCEL RIZZO

Boa para o PSG, ruim para o Neymar. PSG conseguiu o que queria, desgastou a imagem de Neymar e o obrigou a cumprir o contrato. Para o Neymar, que queria sair, foi péssimo, já que ele fica em um time em que não quer ficar e em um campeonato local fraco, o que o deixa ainda mais longe da elite do futebol. De qualquer maneira, PSG mantém um atleta de talento (se quiser jogar).

Leia o blog do Marcel Rizzo.

MAURO BETING

Ruim para os dois. Ele queria sair. Não sei se ele vai ser o que pode ser. Mas já que ficou, que faça a temporada da vida dele. Para justificar os investimentos passados e pro mercado futuro.

Leia o blog do Mauro Beting.

MAURO CEZAR

Boa para o PSG, ruim para o Neymar. Como dinheiro não é problema para o dono do clube, o Catar, sai fortalecido o PSG, impondo ao jogador uma constrangedora derrota nessa queda de braço.

Leia o blog do Mauro Cezar.

MENON

A permanência de Neymar foi ruim para ele. Pela primeira vez, foi confrontado e não viu sua vontade prevalecer. Continua no clube que o contratou para que comandasse uma mudança de status. Tarefa que ele não conseguiu cumprir. É ruim para o clube também, porque passa a ter um jogador desinteressado e emburrado.

Leia o blog do Menon.

MILTON NEVES

Neymar, Neymar... Que eu continuo chamando de Neymar Arantes do Nascimento. Mas precisa crescer. O menino Ney acabou. 27 anos, já é um veterano. Chega de menino Ney, chega de parças, chega de aparecer para lá e para cá. O Pelé não era assim, por que o Pelezinho tem que ser? Cada um faz o que quiser da vida, é claro, mas agora ele encontrou no árabe, dono do PSG, aquilo que lá em Minas Gerais, minha terra, a gente chama de menino arteiro, que faz uma arte e aí o pai e a mãe chamam e tem um rabo de tatu. Um rabo de tatu de leve na bunda e o moleque endireita. Então ele está levando um rabo de tatu, estilizado, dos árabes, coisa que ninguém fez; no Santos, no Barcelona, no PSG não estava fazendo... Agora botaram o menino de castigo. Rabo de tatu. Fez arte. E agora, com o susto, vai sobrar só a obrigação de fazer três coisas: jogar, jogar e jogar. E parar de pisar, pisar na bola.

Leia o blog do Milton Neves.

PERRONE

Quase fui direto na alternativa D (ruim para os dois). Mas, pensando melhor, prefiro responder "nenhuma das anteriores". Na verdade, a permanência de Neymar é desafiadora para os dois lados. Será boa ou ruim conforme ambos se saírem no desafio. As duas partes são desafiadas a reconstruir a relação, incluindo o convívio do jogador com a torcida. Precisam superar as chateações de um com o outro. Se conseguirem, será um feito extraordinário. Já pensou se Neymar liderar o PSG ao título da Liga dos Campeões depois do pedido de divórcio? Criar as condições para isso é o desafio de clube e jogador a partir de agora.

Leia o blog do Perrone.

PVC

Pode ser bom para ambos. O PSG mantém o projeto. Para Neymar, só há um caminho: jogar futebol. Para isso, pode ser em qualquer lugar. Além disso, ele precisava ter uma de suas vontades frustradas. A vida é assim.

Leia o blog do PVC.

RENATA MENDONÇA

Acho que, em um primeiro momento, pode parecer ruim para os dois porque é um jogador insatisfeito ficando em um clube que já está também decepcionado com ele. Mas entendo que o PSG fez certo em não liberar Neymar facilmente, sem que os clubes interessados o recompensassem pelo dinheiro investido nessa contratação. Agora, pode ser uma nova chance para o brasileiro recuperar sua imagem, porque futebol ele tem. Falta focar só na bola e render em campo o que se espera dele. Se um dia Neymar já foi um dos jogadores mais cobiçados do mundo, hoje há dúvidas se ele vale o quanto custa - muito por conta de seu comportamento e da imagem midiática que se arranhou nos últimos anos. Mas ninguém duvida do potencial dele em campo. Agora, resta a Neymar ser profissional, se dedicar ao máximo ao PSG para recuperar seu prestígio de craque, e aí quem sabe viver seu futuro em outro clube. Se isso acontecer, esse desfecho acabará sendo o melhor possível para os dois lados. Se não acontecer, acho que quem mais se prejudica é Neymar, que vê ficar ainda mais longe seu sonho de ser um dia o melhor do mundo.

Leia o blog Dibradoras.

RODRIGO MATTOS

A permanência de Neymar no PSG foi um abalo para ele e certamente causará problemas de relacionamento entre o clube e o jogador neste início de temporada europeia. Mas, nas crises, há sempre oportunidades. Neymar é sem dúvida o jogador mais talentoso pós a era de Messi e Cristiano Ronaldo. Ainda está em um grande clube europeu e resta a ele reconstruir sua carreira associado aos jogadores de seu time onde há também bastante qualidade. Ficar emburrado não vai lhe acrescentar nada. O PSG pode ter frutos do fracasso da negociação se conseguir criar novamente um ambiente para o jogador atuar.

Leia o blog do Rodrigo Mattos.

Band: Neymar não acerta retorno ao Barcelona e fica no PSG

Band Notí­cias

Esporte