PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Neymar volta à seleção com futuro indefinido e sem jogos na temporada

Neymar se lesionou em amistoso contra o Qatar em junho e perdeu a Copa América - Buda Mendes/Getty Images
Neymar se lesionou em amistoso contra o Qatar em junho e perdeu a Copa América Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

01/09/2019 04h00

Aquilo que o técnico Tite mais temia aconteceu. Neymar se apresentará na seleção brasileira para os amistosos de setembro sem ter definido onde jogará na recém-iniciada temporada europeia e sem ter disputado uma partida sequer no segundo semestre. A novela para deixar o Paris Saint-Germain deve permanecer até amanhã (2), quando fecha a janela de transferências na maioria dos países europeus.

Tite chegou a hesitar sobre a convocação de Neymar justamente por essa indefinição. Conversas sobre a condição física do craque respaldaram a decisão da comissão técnica, que também ouviu que havia chances de Neymar chegar à data Fifa com pelo menos alguns minutos jogados. Só que até agora ninguém conseguiu tirar o astro do PSG. O Barcelona insistiu, mas teria encerrado a operação pela proximidade com o fechamento da janela.

Neymar é esperado nos Estados Unidos entre hoje e amanhã - só ainda não se sabe em qual cidade, já que um furacão atinge o litoral da Flórida e pode fazer o time canarinho mudar o local de preparação para os amistosos. A princípio, a seleção vai enfrentar a Colômbia em Miami no dia 6 e, depois, o Peru em Los Angeles no dia 10.

Se for escolhido para ser titular contra a Colômbia, Neymar faria o primeiro jogo desde 5 de junho, contando atuações pela seleção e pelo PSG. Na ocasião, o amistoso do Brasil contra o Qatar, em Brasília, o atacante sofreu uma lesão no pé direito ainda nos primeiros minutos de jogo, o que o tirou da disputa da Copa América. No PSG, o brasileiro acabou afastado do elenco principal e não foi relacionado para nenhuma partida.

Philippe Coutinho chegou a estar em cenário similar ao de Neymar, inclusive sob o risco de não ser convocado por Tite. Só que o meia, além de já ter jogado alguns minutos pelo Barcelona na pré-temporada, conseguiu fechar negócio com o Bayern de Munique e somou mais dois jogos no futebol alemão.

Seleção Brasileira