Topo

Futebol


Talles é reverenciado por companheiros de Vasco e até por joia do Flu

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/08/2019 12h09

Talles Magno viveu uma tarde mágica ontem (25). Aos 17 anos, o atacante fez seu primeiro gol como profissional e foi o grande destaque do Vasco na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo em São Januário. Após a partida, o jovem foi reverenciado por seus companheiros de equipe e até mesmo por outra joia do futebol brasileiro que possui a mesma idade e atua pelo rival Fluminense: João Pedro.

Atacante João Pedro, do Fluminense, elogia Talles Magno: "merece muito" - Reprodução / Instagram
Atacante João Pedro, do Fluminense, elogia Talles Magno: "merece muito"
Imagem: Reprodução / Instagram

O atacante tricolor foi um dos muitos que deixaram uma mensagem no Instagram do vascaíno, parabenizando-o pelo gol e pela partida: "merece muito", escreveu o garoto, que enfrentou Talles muitas vezes durante as categorias de base.

Além de João Pedro, uma série de companheiros do Vasco fizeram questão de enaltecê-lo. Leandro Castan, Yago Pikachu e Fellipe Bastos o chamaram de "craque". O atacante Rossi o incentivou: "vai para dentro, moleque!".

Já o zagueiro Ricardo demonstrou toda sua admiração: "o que você joga é um absurdo. CRAQUE!". E o volante Marcos Júnior foi na mesma linha: "irmão, sem palavras para você. Sou seu fã".

Rodeado de jornalistas após o jogo, Talles Magno dimensionou sua felicidade com a tarde mágica que teve em São Januário:

"Foi perfeito. Eu não mudaria nada. Vitória, fazer o gol e trabalhar o máximo para a minha equipe. Cenário maravilhoso e perfeito".

Paulinho vibra da Alemanha

Com o gol feito ontem, Talles Magno tornou-se o segundo jogador mais jovem a marcar na Série A do Campeonato Brasileiro, ficando atrás justamente de Paulinho, ex-jogador do Vasco que, pelo Cruz-maltino, balançou a rede sobre o Atlético-MG, em 2017, quando tinha 17 anos e nove dias.

Da Alemanha, onde hoje defende o Bayer Leverkusen, Paulinho vibrou com a nova promessa vascaína: "joga muito, nego".

Mais Futebol